Borknagar: Entrevista Exclusiva com Øystein Brun

Borknagar, um dos nomes mais respeitados da música extrema mundial, desembarque pela 1ª vez no Brasil, após 21 anos de carreira com a turnê mundial do elogiado novo álbum “Winter Thirce” especialmente para São Paulo (22/03 – Hangar 110).

Pouco antes de embarcarem para o Brasil conseguimos conversar com o guitarrista Øystein Brun que nos contou sobre a expectativa de finalmente tocar no Brasil e outros detalhes que poderão ler e para os que falam em inglês poderão ouvir a entrevista logo abaixo.

Foto de Borknagar.

A ILHA DO METAL – ) Primeiramente seja bem vindo ao Brasil, e bem vindo ao nosso Site A Ilha do Metal Øystein Brun.

Øystein Brun – ) ok, muito bom, sensacional…

A ILHA DO METAL – ) Essa será a primeira Tour no Brasil, não sei se já tocaram em outros países da América do Sul, e em 2010 , eu acho, a Tour foi cancelada, e agora pergunta qual sua expectativa para o show no Brasil? Finalmente depois de 7 anos veremos vocês ao vivo.

Øystein Brun – ) Yeah, Finalmente, Sabe eu não procuro pensar sobre o passado, olho para frente, e sabe estamos indo não só pelo produtor que nos está levando, sabemos que temos muitos fãs.E nos aqui da Noruega que vivemos da música, conhecer um lugar novo é a “aventura da música”, e sabemos da quantidade de fãs que temos na América do Sul, como por exemplo nosso fã Marcelo, que até montou uma banda no Chile e tocará conosco, e sobre expectativas , não sabemos que esperar, queremos um bom show, com uma boa atmosfera, já ouvimos muito de nossos amigos sobre a América do Sul mas não sabemos o que esperar, e sendo nesta Tour que estamos fazendo grandes shows, você sabe, parece que nos divertiremos muito juntos, e fazemos o melhor que puder em cima do palco, seremos o melhor do Borknagar com nossos fãs juntos.Vamos fazer um dia especial para nos lembrarmos, e para nossos fãs, tenho certeza que gostarão do show, se juntarão a nós e vamos nos divertir muito.

A ILHA DO METAL – ) Acredito que será u grande show, principalmente pelos fãs que estão esperado vocês, e ano passado vocês lançaram o álbum “Winter Thirce” e para muitas pessoas do nosso site foi o melhor álbum de 2016, e quando vocês estavam gravando sabiam que o álbum seria tão especial para os fãs como nossa colaboradora disse, de álbum do ano, e em todos review do álbum que li disseram que era um grande álbum. Vocês pensam nisso quando estão gravando?

Øystein Brun – ) Sabe o que posso dizer é que não espero nada, música se escuta de várias maneiras, comendo , bebendo se divertindo, sempre pode se ter música e não espero nada, e sempre quando estamos fazendo música e passamos muito tempo, compondo, ensaiando , trabalhando duro , produzindo tudo e quando o álbum é lançado, sabe e vemos esse feedback por todo o mundo, e nesse pela primeira vez entramos nos rankings nacionais, em sete países da Europa por exemplo, e ver que o público gostou, e claro que amo a música que faço, eu tenho uma relação muito especial com esse e claro todos os outros álbuns e claro o que estava vivendo tudo na minha mente, yeah, um monte de coisa vem na cabeça sabe, nesse e nos outros também e esse ou aquele álbum é especial, e sim é um álbum especial, e o povo gostou o que mais posso dizer…

A ILHA DO METAL – ) Você já respondeu a próxima pergunta, e vamos falar um pouco do show em São Paulo, e temos um solicitação especial para o show daqui, tem algo especial preparado? E por favor toquem “Future Reminiscence”…

Øystein Brun – ) Sempre será Especial. O fato de estarmos indo a América do Sul é especial, eu curto muito estar em Tour, e temos tocado muito, mas de todos setlist que tocamos , não diria especial, mas esse set list ta bem legal, não sei se satisfará a todos, e po nós temos mais de 100 musicas, e escolher…e na minha opinião escolhemos as melhores de todos os álbuns e as que melhor funcionam ao vivo, e também que gostamos de tocá-las ao vivo, isso da uma diferença, e alguns tem um pegada diferente, já que fica dificil reproduzí-las ao vivo, e isso torna interessante nessas novas versões, e ele legar ver essas diferenças, espero que notem, e sabe vou te confessar uma coisa, colocamos ao vivo as músicas que nós mais gostamos de tocar, e talvez por isso algumas sejam mais aclamadas que outras e o show fica melhor assim que aquelas de tocar por tocar sabe..mas sei que vão gostar, as músicas do novo álbum, sei que não agradarei a todos…e faremos nosso melhor…

A ILHA DO METAL – ) Uma pergunta para você como fã e não como músico, qual o melhor show que você viu e qual o pior, poderia nos contar?

Øystein Brun – ) Pô claro, meu melhor show foi há muito tempo atrás..e para sempre vou lembrar deles, Black Sabbath com Fastway ou o Pink Floyd, quando voltaram nos anos 80, po aquilo foi legal, acho o Pink Floyd sensacional e aquele show foi animal, toda a atmosfera, as luzes o som, te envolve, e eles são Deuses, David Gilmour como guitarrista, nunca esquecerei aquilo, e como participamos de vários festivais, vemos as bandas locais, algumas, boas, outras ruins e outras muito mas muito ruins, em Festvais tem muito desses shows ruins , não sei qual foi pior, mas foram muitas (risos), é até rude da minha parte, mas (risos)

A ILHA DO METAL – ) Sem problema, aqui no Brasil não vimos Pink Floyd, mas no final de 2015 tivemos David Gilmour aqui e participei da Coletiva de Imprensa, nossa ele é diferenciado eu sai tremendo de ter falado com ele

Øystein Brun – ) Eu imagino, se fosse eu viraria uma estatua..(risos), sabe meu pai também era muito fã dele, basicamente são coisas que marca nossa vida, essas lendas da música, e  Pink Floyd para mim tem um lugar especial, eles são ótimos, temos grande bandas, mas toco guitarra por eles, li que comecei.

A ILHA DO METAL – ) Dessa vez você quase respondeu a próxima pergunta

Øystein Brun – ) De novo (risos)

A ILHA DO METAL – ) Sim mas não na totalidade, sabe quando escuto Borknagar, eu via influências, do progressivo que você já explicou a origem, mas encontramos elementos de Folk Metal, Black Metal e te pergunto da cena de Black Metal hoje?

Øystein Brun – ) Sabe, eu realmente não acompanho de perto, eu trabalho muito com a minha música, e tenho um estúdio, sou produtor de várias bandas e vejo a música e não apenas o estilo Black metal, mas sei que existe várias bandas em todos os lugares, a cena está ai, não sei se aqui na Noruega tem mais bandas no estilo, e a nova geração de músicos, ooo eles são brilhantes,  tocam diferente, são muito bons e comparando aos antigos como eu, eu penso, eu estou nisso á muito tempo e se visse eles tocando eu não poderia ser guitarrista, (risos), temos excelentes músicos, produtores, aqui na Noruega e no Resto do mundo tudo continuaria.

A ILHA DO METAL – ) O que ouve fora do Heavy Metal?

Øystein Brun – ) (Risos) vamos lá, eu escuto muito rádio , noticias essas coisas, ouço rádio, mas ouço muita coisa Pop quando estou levando minhas falas, umas bandas que não sei o nome Rihana essas coisas… hahahaha

Claro que escuto muitas bandas, me interessa, várias bandas, mas pop rock, as vezes a melodia é interessante, para pessoas de 15 anos, algumas melodias são muito boa, mas não tem aquele envolvimento de Pink Floyd, e isso vem acontecendo nas bandas no ultimo dez anos, e não gosto daquelas que copiam e cola de uma banda.

O que tem de ótimo, no Pop, Blues em todos os estilos, o que importa é a magia que você coloca na sua música, essa é a diferença, a magina na alma dela sabe

A ILHA DO METAL – ) eu concordo totalmente com você, alguns caras chatos aqui no Brasil que dizem que o visual é mais importante do que a música e nunca pode ser, e se ouve a música você a ouve a sente e não vê. se for bom não importa o estilo, claro gostamos de metal e valorizamos alguns instrumentos. Lembro quando criança reclamavam de bandas como Duran Duram que era Pop. mas era legal e hoje muitos acham Duran Duran Cult, é simples e bom só isso.

Øystein Brun – ) Definitvamente é isso

A ILHA DO METAL – ) Qual o futuro  do Borknagar depois dessa Tour Sulamericana?

Øystein Brun – ) Depois dessa Tour, vamos fazer algumas músicas, depois temos a Tour nos EUA, se conseguirmos entrar lá, (risos),

A ILHA DO METAL – ) Nesses dias é importante ter o visa antes

Øystein Brun – ) (Risos), claro, isso foi uma piada, mas iremos para a América, depois uma Tour no Japão e uma pequena Tour na Inglaterra, e ai sim se preparar o novo álbum e todas novas musicas, e ano que vem em 2018 teremos o novo álbum. Depende de algumas coisas mas é esse o plano. E vamos continuar…vamos ver…

A ILHA DO METAL – ) Muito obrigado pela entrevista e essa é aquela parte que pedimos para se apresentar, convidar todos para o show, e mandar uma mensagem para os fãs no Brasil.

Øystein Brun – ) Sim, aqui é Øystein Brun do Borknagar falando da Noruega e dentro de alguns dias estaremos ai em São Paulo no primeiro show da nossa Tour e esperar ver muitas pessoas fãs, nossa família na América do Sul. Espero ver vocês lá.

A ILHA DO METAL – ) Muito obrigado tenha uma boa viagem ao Brasil

Øystein Brun – ) Obrigado vamos marcar algo ai.nos vemos no Brasil.

Caso queiram ouvir a entrevista o link esta abaixo sem legendas

English Speakers you can listen the interview here

Links relacionados:
https://www.facebook.com/borknagarofficial
https://www.facebook.com/overload
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR

SERVIÇO SÃO PAULO
Overload orgulhosamente apresenta Borknagar pela primeira vez em São Paulo
Data: 22 de março de 2017 (quarta-feira)
Local: Hangar 110
End: Rua Rodolfo Miranda, 110 – Bom Retiro (Metrô Armênia)
Hora: 19:30 | Showtime: 21h
Imprensa: press@theultimatemusic.com | 11 964.197.206
Classificação etária: 14 anos
Estacionamento: locais ao lado da casa (sem convênio)
Estrutura: ar-condicionado, acesso para deficientes, área para fumantes
Evento Fb: https://www.facebook.com/events/1794241490849520

SETORES/VALORES*:
– Pista: R$ 120,00 (promocional/antecipado com 1 KG de alimento)
– Camarote: R$ 170,00 (promocional/antecipado com 1 Kg de alimento)
* para não estudantes. Doe um kilo de alimento na entrada da casa no dia do evento e pague meia entrada.

# PONTO DE VENDA (sem taxa de serviço): Galeria do Rock (loja 255)
# COMPRA PELA INTERNEThttp://www.clubedoingresso.com/borknagar-sp

*Consulte o ponto de venda mais próximo em http://www.clubedoingresso.com/ondecomprar
** Para a compra de ingressos para estudantes, aposentados e professores estaduais, os mesmos devem comparecer pessoalmente portando documento na bilheteria respectiva ao show ou nos pontos de venda. Esclarecemos que a venda de meia-entrada é direta, pessoal e intransferível e está condicionada ao comparecimento do titular da carteira estudantil no ato da compra e no dia do espetáculo, munido de documento que comprove condição prevista em lei;
*** A produção do evento NÃO se responsabiliza por ingressos comprados fora do site e pontos de venda oficiais;
**** É expressamente proibida a entrada com câmeras fotográficas e filmadoras profissionais ou semi-profissionais
.

Banda(s) / Artista(s):

Tags: Borknagar

Comentários:

Sobre o autor:

Marcos Cesar de Almeida:
"Metaleiro das antigas" ou Tiozinho dos shows, Torcedor do Monte Azul, ouço todas as vertentes do Metal, Hard, folk, death, THrash, tendo distorção e bem feito tá valendo. Twiter : @BULLINO

já escreveu 1680 artigos para a Ilha do Metal.