Violator @Sesc Belenzinho – São Paulo/SP (20/01/2018)

Sábado vai ficar marcado na memória de muitos banguers, em especial dos fãs do Violator e claro, da própria banda! E para contar tudo o que aconteceu nesse sábado tão memorável é melhor começar pelo fato de que a banda anunciou em sua página do Facebook uma pausa por tempo indeterminado, isso porque o guitarrista Pedro “Capaça” está de mudança para a Irlanda. Juntando isso, a banda também disse que os shows que haviam anunciado antes (20/01 – São Paulo e 03/02 – Paraná) seriam os últimos antes dessa pausa na carreira. Não é preciso dizer que no show de SP a procura foi grande, chegando a ter sold out no mesmo dia de abertura das vendas, tanto presencial quanto online.

Resenha: Pâmela Verissimo e Renato Calisto
Fotos: Pâmela Verissimo

O show começou pontualmente no Sesc, aliás, é preciso mais uma vez dizer que o Sesc Belenzinho tem uma das melhores instalações de shows de SP, seja por som, estrutura, pontualidade, organização, limpeza e claro line up das bandas. Se vocês tiverem uma oportunidade de ir em algum show na instalação, simplesmente vá! Prometo que não irá se arrepender.

Com um setlist bastante diversificado, passando por quase todos os álbuns da carreira não teve como ninguém botar defeito! Juntando o setlist que foi perfeito, mas o mosh e stage dive que comeram solto do início ao fim, dificilmente alguém sairia de lá sem dizer que já estava com saudades dos shows dos caras.

Num determinado momento do show, o vocalista Pedro “Poney”, diz que eles estão muito felizes pelo fato de que no lugar tinha gente de todas as tribos, headbanguers, punks, hardcore, enfim, sem ninguém precisar arranjar rótulos ou não curtir o som, que ali todo mundo era igual e que a paixão pelo metal é o que mantem isso rolando. E também teve os discursos políticos, que como já disseram antes e sempre afirmam, eles estarão sempre apoiando os homossexuais, negros, mulheres e pobres. E um pouco antes de anunciarem “False Messiah”, que é uma “homenagem” ao político Jair Bolsonaro, eles puxaram um coro da galera que dizia: “EI BOLSONARO, VAI TOMAR NO C*”!

Próximo ao final do show, Poney pede para que os fãs deem tudo de si, pois essas seriam as últimas músicas e o público respondeu da melhor forma possível! Era insano a forma como público e banda se entrosavam, não existe uma linha que define público e banda, todo mundo ali é tudo e o que importa é a música!

No final do show, a chuva que caia sobre a região acompanhou uma leva de fãs felizes e extasiados aos seus destinos e a banda com a sensação de um show inesquecível!

No domingo, num anuncio meio que em cima da hora, a banda fez uma apresentação gratuita em frente da Caixa Econômica/Bob’s da Paulista. Por ter sido de manhã, muitos não puderam comparecer, assim como essa que vós fala. Algumas pessoas que compareceram me disseram que foi tão incrível quanto tinha sido a noite no Sesc e que não importava o horário, afinal, não existe hora para escutar um bom som!

Agradecimentos especiais para Pedro “Poney” Arcanjo (baixo e vocal), Pedro “Capaça” Augusto Dias (guitarra), Marcio “Cambito” (guitarra) e David “Batera” Araya (bateria) por tudo o que fizeram ao metal nacional! É difícil bandas hoje em dia marcarem tanto quanto o Violator marcou e continuará marcando os fãs. Seja pelos hematomas dos moshs ou pelas músicas que sempre serão tocadas, que o Violator seja eterno!

Agradecimentos ao Sesc Belenzinho e a Jacqueline Guerra pelo credenciamento.

 

UxFxTx!

 

Setlist Violator

Infernal Rise
Endless Tyrannies
Respect Existance Or Expect Resistance
Atomic Nightmare
Futurephobia
False Messiah
Toxic Death
After Nuclear Devastation
Let The Violation Begin
Thrash Maniacs
Ordered To Thrash
Destined To Die
The Plague Never Dies
UxFxTx (United For Thrash)