ThorHammerFest 25/07 – São Paulo Live@Manifesto Bar

As bandas de Viking e Folk Metal vem concentrando mais e mais fãs pelo mundo e muitos festivais englobando esse gênero estão começando a aparecer. Em São Paulo, nesse último domingo, aconteceu o primeiro festival Viking/Folk na cidade, o ThorHammerFest que contou com as bandas Taberna Folk, Hugin Munin, SkaldicSoul e os argentinos do Einher Skald. Além das bandas os fãs puderam ver encenações de batalhas vikings feitas pelo Grupo Hednir entre as apresentações das bandas e também podiam comprar acessórios e Hidromel.

Com um pequeno atraso os dois primeiros guerreiros do Grupo Hednir entraram no palco para a primeira luta e depois de alguns preparos o Taberna Folk entrou em cena para agitar o público. A banda tem a intenção de tocar músicas que remetam as pessoas ao clima de alegria das antigas tabernas. Els tocaram músicas próprias, temas tradicionais mediavais e foram responsáveis pelo momento mais emocionante da noite onde a luz de uma vela tocaram Temple Of The King em homenagem ao mestre Dio.

Outra batalha encenada pelo Hedinir esquentou ainda mais o clima do lugar e foi a vez do SkldicSoul entrar no palco. A banda é uma antiga “queridinha” do público por tocar covers de grandes bandas do estilo como Ensiferum e Turisas. Como esperado o resultado não foi diferente, a banda colocou o Manifesto para baixo com as músicas próprias e os covers em uma grande apresentação. O único problema, que persistiu durante os outros shows também, foi o fato de uma das guitarras estar muito alta e encobrir o som dos outros instrumentos.

Dessa vez a batalha foi mais violenta, as espadas foram trocadas por machados e golpes violentos foram deferidos arrancando urros de entusiasmo da platéia. Logo em seguida foi a vez dos santistas do Hugin Munin se apresentarem, a banda que é um dos maiores nomes do Viking Metal no Brasil se encontra em estúdio gravando seu disco de estréia e no show desse domingo destruiu tudo com suas músicas já conhecidas pela maioria do público presente que estava ensandecido na pista. (A Ilha do Metal já entrevistou a banda, clique aqui para ler).

A última apresentação do Hedinir precedeu o também último show da noite, o show do Einher Skald e aqui fica minha reclamação, por depender de transporte público para voltar para casa tive que sair do local mais cedo junto com muitas outras pessoas caso contrário teria que passar a madrugada na rua. Esse fato poderia ter sido evitado caso o evento tivesse inicio mais cedo (tempo para isso não faltava!). Enfim, o festival foi um sucesso, espero que se repita todos anos em um horário melhor de preferência.

Para ver mais fotos CLIQUE AQUI.

Alguns vídeos do festival: