Thorhammerfest V @ Manifesto Bar – São Paulo/SP(08/07/2012)

Publicado em:

Folk, Pagan e Viking Metal, gêneros que cairam nas graças do publico paulista, com diversas apresentações já há alguns anos, incluindo grandes shows internacionais na agenda dos Headbangers. E não é exagero, mesmo com a avalanche de shows, há espaço para bandas como o Suidakra – não muito conhecido do público headbanger em geral, porém, com féis seguidores – desembarcarem por aqui pela primeira vez na carreira. Também foram realizados os shows das bandas Skaldic Soul, de Jundiaí, e Opus Tenebrae, de Santos, ambas bandas recorrentes em eventos do gênero, além da já obrigatória presença do grupo Ordo Draconis Belli, com suas encenações de batalhas medievais.

Texto: Eduardo Escobar

A jornada teve incio ainda do lado de fora do Manifesto Bar, sim, com o atraso de mais de 1h para a liberação de entradas na casa, muitos, lá no fim desta grande noite, tiveram que abandonar o show principal antes do término para que pudessem garantir a volta para suas respectivas casas.

Lá pelas 20h a primeira atração da noite, a banda Opus Tenebrae e seu metal puramente Pagão agitaram a casa. Particularmente já havia visto a banda quando abriram para o Tyr, então assisti a apresentação já sabendo desde o princípio que teríamos em cima do palco um show com músicas rápidas e brutais, com vários elementos que remetiam à ida rumo as batalhas mais árduas tanto instrumentalmente/atmosfericamente quanto liricamente. Mais um ótimo show da Opus Tenebrae, uma grande pena o público parecer ainda bem sonolento durante o show.

Tivemos uma rápida encenação de batalhas feita pela Ordo Draconis Belli em cima do palco, claro que não daria para fazer algo muito bem elaborado por falta de espaço afinal, não seria bom ver uma bateria cortada ao meio, apenas gargantas! Mesmo assim a Ordo foi lá e trouxe mais um pouco da atmosfera rústica e poderosa que todo evento desse tipo deve conter.

Pouco tempo se passou até que a Skaldic Soul surgiu no palco, outra banda muito recorrente em eventos do gênero, sendo que eu mesmo já conferi um show dos caras algumas vezes. Posso dizer sem dúvidas que este foi a melhor apresentação da banda dentre as vezes que a vi, o backing vocal agressivo encaixou muito bem nas músicas, e os instrumentos tinham o seu espaço garantido na melodia, sem soar como “som de banda de abertura” como sempre acontece por aí. Troll’s Krieg já conhecidíssima do público em geral foi uma das músicas que amaciou a platéia para o show principal.

Finalmente a banda alemã Suidakra se apresentava pela primeira vez no Brasil, marcando inclusive a única passagem pela América Latina para divulgação do recente álbum “Book of Dowth”, Arkadius e o restante da banda não economizaram energia simpatia e descontração, resultando em um show intenso do início ao fim.

Se destacando na primeira parte do show, a música “Gates of Nevermore” foi uma das melhores do show, caótica, ríspida e cortante, levantando o público que neste momento já estava dominado pela banda.

“Darkane Times” foi executada com a participação de um membro da platéia nos vocais como resultado da interação e proximidade da banda com seus fãs,

A segunda metade do show teve os destaques “Stone of the Seven Suns” e “Mag Mell” que arrancavam aplausos e gritos eufóricos de muitos presentes ali.

Após uma rápida retirada do palco a banda retorna para o bis, já com quase 1h30min de show em pleno domingão à noite. Chegou uma hora, que a banda parecia estar gostando tanto daquela apresentação que começaram a improvisar músicas que já não apareciam no set-list habitual, como “Havoc”, e após a música “Wartunes” o Suidakra foi saudado e o show encerrado.

Uma verdadeira recompensa após tantos anos de espera pela vinda da banda, um sentimento de dever cumprido, o semblante vitorioso ante os inimigos e de que o Thorhammerfest fica maior a cada nova edição!

Agora só nos resta esperar pela sexta edição do festival, que acontecerá ainda este ano, em duas partes!

Set-List Suidakra

1. Dowth 2059
2. Pendragon’s Fall
3. The IXth Legion
4. Gates of Nevermore
5. The Well of Might
6. Darkane Times
7. Crown the Lost
8. Isle of Skye
9. Stone of the Seven Suns
10. Mag Mell
11. Dead Man’s Reel
12. Forth-Clyde
13. Shattering Swords
14. Morrigan

Encore:
15. Balor
16. Dragonbreed
17. Havoc
18. Wartunes