QUIREBOYS @ Manifesto Bar – São Paulo (08/12/2012)

No aniversário de 18 anos do Manifesto Rock Bar, conhecido ponto de encontro dos amantes de Rock em geral, que vem sobrevivendo a modismo, e todas crises financeiras que aconteceram nos últimos anos a casa tem o orgulho de completar 18 anos.

Muitas lendas do Rock já subiram naquele palco, quantos meet & greet já fez lá, quantas cervejas tocou, quando uma banda anunciou turnÊ no Brasil, já pensou será no manifesto? Essa é a importância da casa, quase que um espaço de nosso lar que com certeza muitos tem um sentimento muito bom por aquele buteco que freqüentamos a inúmeros anos.

Completando seu 18º Aniversário uma programação especial que contou com dois shows e tivemos o prazer de acompanhar e assistir novamente na casa, já que tinham tocado em 2010 o Hard Rock da banda britânica Quireboys. Escolhida por Bruce Dickinson como uma das melhores bandas da Inglaterra em seu programa de Rádio.

A banda liderada pelo carismático vocalista Spike, apreciador de cerveja que faz nosso querido Zeca Pagodinho parecer um monge, além dos outros membros fundadores, o tecladista Keith Weir e o guitarrista Guy Griffin, e completam o time o ótimo guitarrista Paul Guerin , e os dois novos membros, o baixista Dave Boyce e pelo baterista Matt Goom. Vale informar aqui que a dupla de guitarristas mais o tecladista junto ao vocalista Joe Elliot do Def Leppard formam o Down ‘n’ Outz.

Um grande atraso para abertura da casa e consequentemente início do show, que lotou alguns butecos do lado, devido, segunda a produção a viagem da Argentina para o Brasil no mesmo dia, que refletiu em todo o andamento do espetáculo, foi praticamente irrelevante quando o público entrou a casa e já de cara, checar a loja de produtos oficiais da banda que tinham além dos clássicos CD junto em um só o último álbum ao vivo da banda que só era vendido nos shows, o excelente Live in Glasgow.

O público dessa vez era bem maior que aquele de 2010, e todos entusiasmados e muitos estavam lá pela segunda vez, creio que quase a totalidade dos que foram ao show de 2010 estavam volta, e muitos com a camisa vendida a época, pois aquele foi um showzaço.

E ao ouvir soar a primeira música Tramps and Thives começava então a incrível viagem no tempo trazendo de volta os bons tempos do Hard Rock no Mundo. There She Goes Again do maravilhoso e obrigatório A bit What You Fancy seguida por belíssima Misled foi realmente maravilhoso, cantada em uníssono e assim como em 2010 um público extreamente caloroso com a banda, dando um show a parte.

A nova Too much of a good thing mantém o clima la emcima, para então Spike dizer que a próxima foi sua primeira canção que escreveu aos 16 anos quando tomei um pé na bunda de uma namorada e a belíssima Roses & Rings era cantada

em uníssono por todo o Manifesto.

A banda esbanja simpatia e carisma, tem uma postura de palco incrível e invejável, num verdadeiro Rock de Arena e mesmo com o passar dos anos a banda continua a mesma, e você sempre com a sensação que Spike acertará o teto da casa ao jogar o pedestal constantemente ao alto enquanto degusta sua cerveja, que bebe durante toda a apresentação chegando a pedir mais para o bar ali do palco mesmo, magistral, puro Rock.

A belíssima White Trash Blues, serviu de intro para a batida pesada e densa de Whippin Boy que contou com uma participação massiva de todo o público presente, que quem conhece a música sabe certamente a hora que se deve cantar. Pausa para mais cerveja e outra música nova Lorraine Lorraine que estará presente no próximo álbum a ser lançado no próximo verão Europeu. Ao perguntar se todos gostam de MonaLisa já estava claro que seria o último hit single que a banda lançou, o sucesso MonaLisa Smiled, simplesmente perfeita.

This is Rock’n’Roll, música rara que voltou ao set list da banda seguida, pelo hit Hey You, simplesmente maravilhoso, e aqui uma prova, não precisa ser From Hell para ser um True Rocker, uma banda de Hard Rock, roltulada como glam, mas sempre puxando pro Classic Rock, com um sotaque forte Rythim Blues faz uma apresentação verdadeiramente rockeira, puxando na guitarra chamando o público a cantar junto, agitando muito, uma aula de Rock’n’Roll como mostra a letra da já citada This is Rock’n’Roll.

A nova balada Mother Mary tem tudo para ser outro clássico da banda, porém após dela outro grande sucesso do passado com Sweet Mary Ann começava a dar o ar de seu final, e Spike ao pegar o microfone e perguntar a clássica pergunta “What is Time?” Esperando que a galera pedisse 7’o’ clock, o que se viu foi uma de dois hits que faltavam a ser tocados . Uma mistura de 7 o’clock com Sex party e Spike literalmente numa saia justa manteve o set list e finalizou a primeira parte do show com o mega hit 7’o’clock com outra participação massiva do público, terminando a primeira parte do show.

A banda retornou para o bis ao som mais do que esperado de I Don’t Love You Anymore e enquanto todos os músicos já a introduzia a mesma do palco, ovocalista Spike ainda não estava lá, provavelmente tomando outra cerveja, porém logo o vocalista chega e a belíssima balada e cantada por todos num belíssimo momento do show.

Spike lembra que a próxima música ele fez para a cidade dele, New Castle, lembrando do time de mesmo nome, e ele ao invé de dedicar para sua cidade, dedicaria a São Paulo e I love this Dirty Town soa perfeita para nossa megalópole.

Sempre algumas bandas acabam ‘cortando’ seu setlist, mas devido a solicitação do final da primeira parte do Show a banda emenda com Sex Party a pedido que claramente foi cantada por todos fazendo uma verdadeira grande festa com a honra que o Manifesto merece.

No final a celebre frase ecoou perfeita. “Thank you São paulo for Keep Rock`n`Roll alive with The Quireboys”

Final de show e claro que Spike levou consigo ao camarin mais algumas cervejas que voltaram vazias ao final quando a banda fez o tradicional Meet & Greet muito concorrido principalmente pelos inúmeros itens vendidos na Lojinha.

Um dos melhores Shows do ano sem dúvida, uma aula de Rock’n’Roll que fez o público que foi brindar o aniversário do Manifesto saisse presenteado assim como a casa saiu tendo a honra de celebrar com um show de primeiro quilate.

Assim como em 2010, a banda havia me confidenciado que voltariam com o Twisted Sister em dois anos, eles cumpriram e vieram sozinhos já prometendo que farão o possível para voltar em 2013. Só temos que esperar e torcer para outro show que certamente estará na lista de shows do ano tenha casa cheia assim como esse.

Veja nossa galeria de fotos aqui

PARABÉNS MANIFESTO PELOS 18 ANOS DEDICADOS AO HEAVY METAL/ ROCK’N’ROLL NO BRASIL.

 

Setlist

01- Tramps and Thieves

02- There She Goes Again

03- Misled

04- Too Much of a Good Thing

05- Roses & Rings

06- White Trash Blues

07- Whippin’ Boy

08- Lorraine Lorraine

09- Mona Lisa Smiled

10- This Is Rock n’ Roll

11- Hey You

12- Mother Mary

13- Sweet Mary Ann

14- 7 O’Clock

15- I Don´t Love You Anymore

16- I Love This Dirty Town

17- Sex Party

 

Tags: Quireboys

Comentários:

Sobre o autor:

Marcos Cesar de Almeida:
"Metaleiro das antigas" ou Tiozinho dos shows, Torcedor do Monte Azul, ouço todas as vertentes do Metal, Hard, folk, death, THrash, tendo distorção e bem feito tá valendo. Twiter : @BULLINO

já escreveu 2068 artigos para a Ilha do Metal.