Panzer Fest @ Cine Jóia – São Paulo/SP (15/06/2013)

São louváveis todas as oportunidades em que bandas se reúnem para criar um evento onde outras bandas podem compartilhar de um espaço bacana para as mesmas e também para o público, com o objetivo de proporcionar uma grande experiência musical. Foi assim que a banda paulistana Panzer se juntou com o Forka, Nervochaos, Woslom e Command6 para a realização do primeiro Panzer Fest, ocorrido no último 15 de junho no Cine Jóia, no bairro da Liberdade, em São Paulo.

Texto: José Antonio Alves
Fotos: Marcos César

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A GALERIA DE FOTOS NO FACEBOOK

O festival foi idealizado há alguns meses e logo ganhou massiva divulgação, com intuito de convocar aqueles que apoiam e sustentam a cena metálica brasileira. Mesmo com horários bem definidos, o público, por volta das 19h, horário de abertura da casa, não era tão numeroso e foi aos poucos adentrando o recinto conforme os minutos passavam.

Pouco depois das 20h, direto do ABC a banda Forka iniciou os trabalhos no Cine Jóia. Na ativa desde 2001, o grupo carrega nas costas três álbuns de estúdio, sendo o mais recente deles “Black Ocean”, lançado este ano e cujas músicas estiveram em evidência na apresentação. Neste show, um detalhe interessante e lamentável: a banda tocou com bateria, dois guitarristas e vocal, mas sem o baixista Ricardo Dickoff, que com problemas de saúde acabou ficando fora da apresentação.Panzer_Fest_Cine_Joia_by_bullino_A-Ilha-Do-Metal_1

Mesmo sem baixista, a banda tratou de representar bem e brindar o público com um som agressivo de jeitão Thrash Metal, mas que flerta também com elementos do Death Metal, Hardcore e até alguns breakdowns de Metalcore. Vale destacar as composições “Black Ocean”, “Last Confrontation” e “Empire Surrender”, do álbum mais recente do grupo, recheadas de muita energia e presença de palco de todos os integrantes. Rolou ainda espaço para faixas dos álbuns antigos, como “Feel Your Suicide”, do álbum homônimo de 2005 e “The Human Race is Dead”, do álbum “Enough” de 2010. Para fechar a enérgica apresentação, um cover do Slayer para a clássica “Angel Of Death”, que serviu para agitar um pouco mais o ainda tímido público do local.Panzer_Fest_Cine_Joia_by_bullino_A-Ilha-Do-Metal_3

Sem muita espera, chegava a hora da apresentação da banda mais extrema do evento, os paulistanos do Nervochaos. Com uma carreira de mais de 15 anos, o grupo trouxe aos presentes no Panzer Fest um desfile de canções do mais brutal Death Metal, com uma qualidade de som excelente e presença animal em palco. A apresentação foi mais curta, e também mais direta, sem muitos discursos, passando por diversos álbuns da carreira da banda.Panzer_Fest_Cine_Joia_by_bullino_A-Ilha-Do-Metal_4

Abrindo com a excelente e poderosa “Total Satan”, o grupo ainda mandou “Mighty Justice” do primeiro álbum “Pay Back Time”, de 1998. “Pazuzu Is Here” truoxe mais devastação ao ótimo palco do Cine Jóia, bem como as faixas “Mark Of The Beast” e “All-Out War”. Uma apresentação digna de uma das grandes bandas do cenário extremo brasileiro, para headbanger nenhum colocar defeito!Panzer_Fest_Cine_Joia_by_bullino_A-Ilha-Do-Metal_5

Se o evento era o Panzer Fest, nada mais lógico do que ter a banda Panzer no palco! Retomando as atividades, o grupo já possui um bom tempo de estrada e no festival fez uma apresentação incrível que foi o destaque da noite. Com muita presença de palco, principalmente do vocalista Rafael Moreira e do baixista Rafael DM (que inclusive chegaram, em certo momento, a descer para o meio da galera e entrar no moshpit), o grupo faz um Thrash Metal vigoroso e de qualidade que empolgou os presentes.Panzer_Fest_Cine_Joia_by_bullino_A-Ilha-Do-Metal_7

Faixas como “Burden Of Proof”, “Fake Game Of Heroes” e “Rejected” soaram matadoras ao vivo, com boa resposta do público que era razoável até ali. Vale mencionar dois momentos da apresentação: O primeiro na execução da música “Rising”, que foi lançada em um single recentemente e é uma música marcante para o vocalista da banda Rafael Moreira, que há um ano atrás sofria um acidente no caminho do Festival Roça ‘N’ Roll, em Minas, onde tocaria com sua banda na época, o Reviolence. O segundo momento foi quando anunciaram a faixa “Affliction”, que contou com a presença no palco de ex-integrantes da banda. Uma apresentação de se guardar na memória e que nos deixa na expectativa para o que a banda fará em um próximo álbum!Panzer_Fest_Cine_Joia_by_bullino_A-Ilha-Do-Metal_9

E confirmando a eficiência da organização e dos envolvidos na produção do evento, o público não aguardou muito para ver o Woslom no palco. A banda acabou de lançar seu segundo álbum, “Evolustrucion”, que tem a missão de suceder o excelente “Time To Rise” e no evento fez o primeiro show oficial com as novas músicas do trabalho. Silvano Aguileira (vocais/guitarra), Rafael Iak (guitarra), Francisco Stanich (baixo/backing vocals) e Fernando Oster (bateria) trazem com o novo petardo a destruição com evolução, sem perder a essência do Thrash Metal bem trabalhado presente em “Time To Rise”.Panzer_Fest_Cine_Joia_by_bullino_A-Ilha-Do-Metal_10

Abrindo com duas do novo álbum, “Purgatory” e “Haunted By The Past” (essa ficando muito boa ao vivo), e passando pelo primeiro álbum do grupo com “Soulless (S.O.T.D.)”, o grupo agitou algumas tímidos moshpit´s, mesmo após longo tempo sem apresentações ao vivo devido às gravações do álbum. Destaca-se do novo álbum também a faixa título do trabalho (que soou bem diferente do que fora produzido no primeiro álbum, mas que ao vivo funcionou bem) e a ótima “No Last Chance”, mais melódica e marcante. Uma das mais conhecidas do grupo, “Time To Rise” fechou uma apresentação boa, mas que deverá melhorar muito no futuro com mais shows de divulgação do novo trabalho.Panzer_Fest_Cine_Joia_by_bullino_A-Ilha-Do-Metal_11

Para encerrar a festa, que já contava com menos presentes devido ao horário, o Command6 tratou de levantar a galera presente com músicas de seu mais recente álbum, “Black Flag”, lançado em 2012. A banda é uma daquelas que estão “na pegada” no que se refere aos shows ao vivo, tendo em vista que rotineiramente o grupo está se apresentando em São Paulo, angariando mais fãs a cada apresentação.Panzer_Fest_Cine_Joia_by_bullino_A-Ilha-Do-Metal_13

Das músicas executadas, a rápida “Crush The World” abriu o show com maestria, emendando com “Lies So Pure”, de boa melodia. Vale mencionar mais uma vez todo o carisma e performance de Wash, vocalista do grupo que é um show a parte em cada apresentação, em sintonia com seus companheiros de palco que também marcam presença. “Black Flag” e “Jesus Cry” fecharam a apresentação deste grupo que vem trilhando um caminho muito correto dentro do cenário metálico brasileiro, e que esperamos que cresça ainda mais!Panzer_Fest_Cine_Joia_by_bullino_A-Ilha-Do-Metal_15

Chegava ao seu final um festival que tratou com dignidade bandas e público, e que nos proporcionou 5 grandes apresentações com selo de qualidade brasileiro! Fica o convite: deixar o mimimi de lado em redes sociais, bem como os tais likes/shares para estar em um local ótimo, com amigos, curtindo e apoiando sua cena local, que é o que impulsiona verdadeiramente o movimento. Que venham mais edições e iniciativas semelhantes ao Panzer Fest!

Veja alguns momentos do festival:

Panzer_Fest_Cine_Joia_by_bullino_A-Ilha-Do-Metal_2Panzer_Fest_Cine_Joia_by_bullino_A-Ilha-Do-Metal_6Panzer_Fest_Cine_Joia_by_bullino_A-Ilha-Do-Metal_8Panzer_Fest_Cine_Joia_by_bullino_A-Ilha-Do-Metal_12Panzer_Fest_Cine_Joia_by_bullino_A-Ilha-Do-Metal_14