Manifesto Rock Fest 10: Eliminatória 4

Vexus, Havira, Jowker’z, Carne Viva, Plataforma 28, General V, Sincopatas, Sociedade Animal, Balzaka Rock e Instinto foram as 10 bandas da quarta eliminatória da décima edição do Manifesto Rock Fest, e que disputaram mais 4 vagas para a semi-final do mais importante festival de bandas independentes de SP!

Texto: Eduardo Escobar
Fotos: Bruno Bergamini (CLIQUE PARA ACESSAR A GALERIA DE FOTOS NO FACEBOOK)

Abrindo a quarta eliminatória, a banda Vexus mostrou ao público músicas do seu trabalho, “No País das Maravilhas”, sofrendo com a tradicional falta de público da primeira banda, mas realizando um bom show apesar deste detalhe.

Segunda banda da noite, a Havira foi muito bem, principalmente nas guitarras. Com claras influências em Guns n’ Roses, tanto na postura quanto musicalmente, os caras mostraram ao público uma música autoral bem interessante durante o show: “Mascaras”.

A Jowker’z começou sua apresentação com diversos trechos de músicas emblemáticas do Rock/Metal e tocou covers de Velvet Revolver e Guns n’ Roses, mas foi em suas músicas próprias que realmente se destacaram, principalmente na música “O Jogo Vai Virar” que deixou claro toda a competência e profissionalismo da banda!

A banda Carne Viva fez um show repleto de carisma e apoio do público. Com músicas como “Febre do Rato”, “Urubu” e “O centro é uma Merda”, a banda mostrou seu rock com letras bem peculiares que refletiam sobre os problemas que estão à tona em nossa sociedade.

Outra banda ímpar no festival, a Plataforma 28 começou fraca sua apresentação com Ultraje a Rigor, mas depois tocou músicas com letras interessantíssimas como “Mais Uma Estrela” que homenageia Airton Senna e “Soneto de Carnaval”. Uma banda que envolveu o público em sua ideologia e que só precisa melhorar sua dinâmica ao vivo.

A General V mostrou que uma cover mal escolhida é capaz de comprometer uma boa apresentação. Os caras apresentaram boas e empolgantes músicas próprias, em uma apresentação até o momento acima da média, até que decidiram tocar Aces High (Iron Maiden), errando o tempo desde o começo e desafinando por não ser uma música feita para o estilo do vocalista. Um desastre que poderia ter sido evitado.

Na sequência, a banda Sincopatas cujo destaque vai para o tecladista e a música “Outro Bicho”, que se sobressaíram diante de uma apresentação sem muito brilho.

A banda Sociedade Animal mais uma vez participa de uma edição do Manifesto Rock Fest, e mesmo com um bom começo de apresentação ainda há bastante pontos à serem acertados. Como destaque, o carro-chefe da banda, a música Sociedade Animal e a mesma capacidade em mobilizar público aos seus shows.

A Balzaka Rock se agarrou nos grandes clássicos conhecidos por qualquer pessoa que se diz fãs de Rock, tocaram por exemplo Jimmy Hendrix e Black Sabbath, resultando em um show feito de forma redonda e competente.

E para fechar magnificamente a noite, a banda Instinto consegui algo jamais feito por uma banda em todas as edições do festival: atingiu a pontuação máxima do júri! Com um repertório de músicas próprias e um ótimo vocalista, a banda se sobressaiu até mesmo quando os problemas apareciam, como quando a caixa da bateria se desmontou, obrigando  o baterista se desdobrar no improviso!

E depois de uma noite intensa e cheia de surpresas, mais quatro bandas se classificaram para a semi-final do dia 28/10 (lembrando que dessa vez a pontuação máxima pelo júri foi de 40 pontos):

Instinto – 40 pontos
Jowker’s – 38 pontos
Sociedade Animal – 47 votos
Carne Viva – 35 votos