Dying Fetus @ Manifesto Bar – São Paulo/SP

No último sábado dia 14 de janeiro começou literalmente o ano de 2012, ano em que deveremos ter mais atrações do que no ano passado, estreando a temporada de shows em um Manifesto Bar que contou com um bom público para ver os americanos do Dying Fetus, Vomepotro e Gestos Grosseiros.

Para ver mais fotos do show acesse o link: Fotos Dying Fetus

Por volta das 19:30 o Manifesto abriu as portas e o público sem maiores problemas foi entrando e se posicionando para a primeira atração da noite, que seria banda Gestos Grosseiros, de Guarulhos.

Formado por Danilo Dill no baixo, Kleber na guitarra e Andy Souza na bateria e vocais, os caras sobem ao palco rapidamente e paulada no pé da orelha esquerda se inicia. Humanity Victory deu inicio ao excelente show em que foi divulgado o álbum Satanchandising lançado ano passado. Seguindo a ordem das músicas foram tocadas Lord of the Lie, Slaves of Imagination, Predator of Soul, Stronger than Never e finalizando com o cover de Kreator, Extreme Aggression. Um showzaço mostrado a ponto de tudo que é possível em Death Metal.

Set List
1 – Humanity Victory
2 – Lord of the Lie
3- Slaves of Imagination
4 – Predator of Soul
5 – Stronger than Never
6 – Extreme Aggression

Excelente apresentação da banda onde pude conferir que muitos, além de mim, não conheciam esta banda, que vem se firmando no cenário extremo nacional.

A segunda banda também foi outra surpresa para mim, o Vomepotro, banda de São Paulo formada por Cristiano Martinez, Guitarra e vocais, David Ferreira, guitarra solo e vocais, Cristiano Nery no baixo e André Martuchi na bateria. A banda ocasionou a formação das primeiras rodas rapidamente além dos frequentes gritos de “Vomipotro, vomipotro”. O destaque foi a apresentação da musica nova da banda chamada I Despise Your Pain. O show foi sensacional, achei o vocal um pouco abaixo do usual, não sei se normalmente é apresentado assim, mas em nada prejudicou minha visão de que eles futuramente serão um dos grandes nomes do Metal Extremo Mundial.

Set List
1-Worms Devour my Flesh
2-Assassin Psychopaty
3-Sacrifice Bloody Cult
4-Liturgy of Dissection
5-Horror Humanufactore
6-I Despise Your Pain
7-Defaced by Pestilence

O Dying Fetus não é muito conhecido no Brasil mas nem por isso passou em branco ou despercebido por São Paulo. Formado em 1991 e com 8 álbuns na carreira, John Gallagher, guitarra e vocais, Sean Beasley baixo e vocais e Trey Williams na bateria, chegaram ao Brasil pouco antes de lançar seu novo álbum, “Reign Supreme”, a banda subiu ao palco rapidamente e após o ajuste final na equalização do som, o show começou, e logo no primeiro Riff, literalmente o Manifesto Bar soa devido ao calor provocado pela Roda que se formara por quase toda a platéia! Trio perfeito e público, indescritível. Normalmente o público paga para ver uma banda dar show mas essa noite o Trio americano deve ter saindo boquiaberto com o público sedento por Metal, a galera que compareceu deveria receber no mínimo uma medalha de ouro de honra ao mérito. SENSACIONAL.

Destacar um momento especificamente seria uma tarefa bem difícil, visto tudo o que aconteceu em uma noite que beirou a perfeição devido a versatilidade e técnica apurada que os americanos mostraram no palco do Manifesto.

A explosão ensandecida mostrou o que o público brasileiro sente pelo metal e todas as suas vertentes. Foi uma aula de Death Metal que não apenas a Dying Fetus, mas as outras duas bandas de abertura, concederam ao público paulista – técnica, versatilidade, e presença de palco mostrando que o Metal Extremo tem seu público e está muito bem servido de bandas dessa vertente.

Certamente temos que ter um grande Festival cada vez maior mostrando pro Velho Continente que METAL É AQUI E AGORA.

Finalizando, música após música o público reagiu muito bem tanto para as músicas conhecidas como as novas canções que foram apresentadas.

Set List:
1-Justifiable Homicide
2-Intentional Manslaughter
3-Shepherd’s Commandment
4-Homicidal Retribution
5-Descend into Depravity
6-One Shot, One Kill
7-Womb to Waste
8-Eviscerated Offspring
9-Your Treachery Will Die With You
10-Grotesque Impalement
11-Praise The Lord
12-Pissing In The Mainstream
13-Kill Your Mother/Rape Your Dog

Brilhante inicio de ano no quesito shows internacionais no Brasil.

Parte ruim foi a briga que ocorreu. Independente do estilo ou razão nada justifica violência.