Amon Amarth @ Carioca Club – São Paulo/SP (24/04/2012)

É Viking Metal ou Death Metal com temática Viking? Isso é o que menos importa nesse momento! O que importa a partir de agora será a tentativa de explicar em poucas palavras o que foi a magnífica apresentaçãodo Amon Amarth em sua única data brasileira da turnê que passou pela América do Sul!

Texto: Eduardo Escobar.
Fotos: Bruno Bergamini.
Realização: Free Pass Entretenimento.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A GALERIA DE FOTOS NO FACEBOOK.

Como pode um país tropical como o Brasil ser capaz de abraçar uma cultura tão distante literalmente como a viking? Os fãs do Amon Amarth que lotaram o Carioca CLub, em São Paulo, apenas confirmam essa imensa paixão, ligados por um elo em comum: o Metal!

E para colocar um ponto final nessa história de disparidades culturais, começo citando a primeira atração da noite, o grupo Ordo Draconis Belli, um de nossos parceiros, já conhecidos na cena folk/viking/pagan de São Paulo por ser um grupo de encenações de batalhas medievais, e como sempre, com apresentações muito boas o grupo conseguiu acima do palco submergir o público à temática da noite!

Algum tempo depois, já com o interior da casa na mesma situação do Metrô em horário de pico, Ted Lundström (baixo), Olavi Mikkonen (guitarra), Johan Hegg (vocal), Fredrik Andersson (bateria) e Johan Söderberg (guitarra) surgiram no palco tocando a música “War Of the Gods”, do último álbum, “Sutur Rising” (escolhido pelo nosso site como o melhor álbum de 2011) e “Runes to My Memory”.

Muitos fatos contribuíram positivamente em favor do espetáculo: os bate-cabeças, a qualidade incrível do áudio, a galera ensandecida que madrugou para pegar grade, a casa mega lotada e principalmente a interação do frontman Johan Hegg, que conversava e incitava bastante o público no intervalo entre músicas, até o calor infernal não foi o suficiente para abalar o ambiente em torno de todos os presentes.

“Destroyer Of The Universe”, “Live Without Regrets” e “Thousand Years Of Oppression” mantiveram o ótimo nível da apresentação, com andamento rápido e brutal, uma verdadeira aula de Death.

O show seguiu com a ótima “Pursuit Of Vikings” e seu riff sendo acompanhadas por “Ôôs” ao longo da música, “For Victory Or Death”, do novo álbum, e “The Hero” seguiram a entoada mais ‘calma’ (se é que pode-se dizer isso) pouco antes da metade do show.

A clássica “Valhalla Awaits Me”, além de “Slaves Of Fear”, “Fate Of Norns”, “Bleed For Ancient Gods”, “Under Northern Star”, “Free Will Sacrifice” e “Cry Of The Black Birds” foram igualmente comemoradas ao serem anunciadas por Hegg, que mostrava, a cada música, ter o completo domínio do público com sua simpatia.

Encerrando o set-list normal, a banda tocou mais dois incríveis clássicos: “Death In Fire” e “Victorious March”, o que provavelmente já estaria de bom tamanho para os fãs, que presenciavam uma apresentação impecável, de um dos maiores expoentes da temática viking no mundo… mas é claro que teve mais!

Ao som de raios e trovões a banda retornou ao palco para marcar com fogo a memória do insano público, tocaram a nova “Twilight Of The Thunder God”, que será um clássico da banda em breve, e a épica “Guardians Of Asgaard”, onde a galera urrou em uníssono! (rs)

No balanço final, foi um show que será lembrado como um dos melhores do ano dentro do Metal. Só restou mesmo agradecer a banda pela noite e ver seus rostos estampados de satisfação por terem mais uma vez provado um pouco do calor do público brasileiro.

SetList:
1. War Of The Gods
2. Runes To My Memory
3. Destroyer Of The Universe
4. Live Without Regrets
5. Thousand Years Of Oppression
6. Pursuit Of Vikings
7. For Victory Or Death
8. The Hero
9. Valhalla Awaits Me
10. Slaves Of Fear
11. Fate Of Norns
12. Bleed For Ancient Gods
13. Under Northern Star
14. Free Will Sacrifice
15. Cry Of The Black Birds
16. Death In Fire
17. Victorious March

Encore:
18. Twilight Of The Thunder God
19. Guardians Of Asgaard

Agradecimentos finais ao pessoal da Brasil Music Press: www.brasilmusicpress.com

Banda(s) / Artista(s):

Tags: Amon Amarth, Shows

Comentários:

Sobre o autor:

Eduardo Escobar:
Paulistano, trabalha com TI e é um eterno estudante de Ciência da Computação. Vocalista nas horas vagas, foi iniciado pelo Iron Maiden há muito tempo, curte Futebol, Truco, Poker, Stoner/Sludge/Doom Metal mas não dispensa bandas de outras vertentes. Aqui na A ILHA DO METAL, é responsável pela parte administrativa do site, mas também publica conteúdo.@eduescobar Facebook

já escreveu 2090 artigos para a Ilha do Metal.