Resenha: Dirty Glory: It’s On!

Resenha: Dirty Glory: It’s On!

Ano de lançamento:

2012

Gravadora:

Independente

Review:

Para todos que ouvem o Heavy Metal sabem da pluralidade de gêneros e que como os mesmos nascem, crescem, se casam criando “filhos” e pouco a pouco envelhecem. Alguns bem outros nem tanto, com o Hard Rock este envelhecimento teve seus momentos bons e outros nem tão saudáveis, mais vemos neste EP “It’s On” que  ainda há força neste animado senhor!

E quem nos trás essa energia são os paulistanos do Dirty Glory que apresentam em suas 03 faixas aqueles bons momentos de churrascos regados a musica irreverente e muita diversão. Logo de cara somos apresentados à banda com a energia pulsante de “Mr. Jack” que já nos apresenta uma mistura mais do que característica do gênero: um refrão contagiante regado a solos vigorosos e a “conversas” amistosas do baixo e bateria. Não deixando a energia cair, somos conduzidos para “The Energy” onde para aqueles que ainda estavam contidos ouvindo deixam seus pudores de lado e caem na festa!

Finalizando temos “Sweety” que com sua variação de andamento fecha muito bem este EP. Um ótimo inicio para este grupo que “vendeu” muito bem aquilo que se propôs. Só nos resta aguardar pelo CD e de preferência que isto não demore muito pois a cerveja já está gelando e a carne esta no fogo!

Faixas:

01 – Mr. Jack

02 – The Energy

03 – Sweety

Integrantes:

Jimmi Ryder (voz)

Dee Axx (guitarra)

Andy Reichhardt (guitarra)

Vinni Vice (baixo)

Sas (bateria)

Comentários:

Sobre o autor:

João Antonio Nunes:
Analísta de PCP e formando em Engenharia de Produção, desde muito jovem é aficcionado por Metal e suas vertentes. Mais quando ouviu pela primeira vez a coletânia William Shakespeare's Hamlet se apaixonou completamente pelo cenário nacional. A partir de então busca incansavelmente conhecer e mostrar o que o cenário brasileiro é capaz de proporcionar.

já escreveu 15 artigos para a Ilha do Metal.