Project 46 – Doa a quem doer.

Project 46 – Doa a quem doer.

Ano de lançamento:

2011

Gravadora:

Independente

Review:

Na estrada desde 2008 os paulistanos do Project 46 (também conhecido pela alcunha de P46) vêm apresentando uma mescla de peso, brutalidade e melodia, tudo isso com letras energizadas no bom e velho português.

Doa a quem doer é nome do seu primeiro trabalho onde vemos a energia de um grupo em inicio de carreira e que já apresenta energia que muitas bandas brasileiras deveriam adotar. O álbum é composto por 12 faixas (sendo a ultima um Web Bônus track), onde mostra do começo ao fim a materialização de tudo aquilo que nos revolta e que queremos fazer e dizer. O processo de gravação ficou por conta de Adair Daufembach (Hangar) que soube reproduzir magistralmente a proposta e energia do grupo.

A arte gráfica também acrescenta ainda mais impacto mostrando ao ouvinte sem rodeios o que pode se esperar deste trabalho que sem duvida é mais um forte expoente nacional a se seguir e ouvir violentamente!

Recomendado a todos que gostam de peso, melodia e violência, mesmo que os mais puritanos possam julgar a mistura de elementos fora do padrão estabelecido por um ou outro estilo, por favor, ouçam novamente e revejam seus conceitos.

Faixas:
01 – 898072
02 – Atrás das Linhas Inimigas
03 – Impunidade
04 – Capa de Jornal
05 – Se Quiser
06 – Violência Gratuita
07 – Amanhã Negro
08 – #46
09 – Dor
10 – No Rastro do Medo
11 – Acorda pra Vida
12 – Impunity (Web Bônus Track)

Formação:

Caio MacBerra (Vocal)

Jean Patton (Guitarra)

Vinicius Castellari (Guitarra)

Rafael Yamada (Baixo e Vocal)

Henrique Pucci (Bateria)

Confiram:

Site oficial:

http://www.project46.com.br/

Clipe da faixa “Se quiser”.

 

Comentários:

Sobre o autor:

João Antonio Nunes:
Analísta de PCP e formando em Engenharia de Produção, desde muito jovem é aficcionado por Metal e suas vertentes. Mais quando ouviu pela primeira vez a coletânia William Shakespeare's Hamlet se apaixonou completamente pelo cenário nacional. A partir de então busca incansavelmente conhecer e mostrar o que o cenário brasileiro é capaz de proporcionar.

já escreveu 15 artigos para a Ilha do Metal.