Neófito – EP Abused

Neófito – EP Abused

Ano de lançamento:

2012

Gravadora:

Independente

Review:

Com mais de 20 anos de estrada pavimentada com um Death metal cru e visceral que remete aos grandes anos 80 e 90 o Neófito nos põem para pensar e rumar em uma viagem crua, ríspida e cheia de ódio no seu novo EP Abused.

Inspirando-se e acima de tudo levando a frente o trabalho jornalístico de Pablo Gomes (Diário Catarinense) o qual acompanha e capta a dura realidade do Haiti, o país mais pobre da America Latina. O EP Abused se mostra em 04 faixas todo ódio, indignação e sofrimento que podemos ter e levar usando desde a base sólida do Death Metal old school a elementos poucos usuais do estilo como piano, Sitar indiano e percussões tribais que deixam o som com um leve direcionamento ao Doom metal.

Destaque para “No One hears your Screams” que com o Sítar Indiano passa a impressão de como seria um dia rotineiro na vida dos cidadãos haitianos mais que no desenrolar da faixa e com a entrada das guitarras, baixo e bateria muito bem cadenciada vemos que o pior esta para chegar e nada mais será como era ou poderia ser.

Sem duvida a experiência adquirida em todos esses anos é posta a tona e o desenvolvimento é claro mostrando uma ótima ascendência iniciada em seu primeiro álbum “Eternal Suffering”.
Único ponto negativo que tira um pouco o brilho da obra é seu processo de gravação e produção que acabou sendo um pouco inferior ao seu primeiro trabalho mais torcemos para que isto se corrija brevemente e assim possamos ouvi-los e aprecia-los de maneira completa.

Faixas:
01 – The World is Crashing Down
02 – Abused
03 – Daily Tragedy
04 – No One hears your Screams

Integrantes:
Rafael Ghislandi (Vocal/Guitarra base)
Thiago Tigre (Baixo)
Rafael Tizatto (Guitarra solo)
Guilherme Letti (Bateria)

Comentários:

Sobre o autor:

João Antonio Nunes:
Analísta de PCP e formando em Engenharia de Produção, desde muito jovem é aficcionado por Metal e suas vertentes. Mais quando ouviu pela primeira vez a coletânia William Shakespeare's Hamlet se apaixonou completamente pelo cenário nacional. A partir de então busca incansavelmente conhecer e mostrar o que o cenário brasileiro é capaz de proporcionar.

já escreveu 15 artigos para a Ilha do Metal.