Moonlight Desires – Just Hits 81-85

Moonlight Desires – Just Hits 81-85

Ano de lançamento:

2017

Gravadora:

Infamous Butcher Records

Review:

Ah não, vamos avaliar um álbum de cover, que geralmente tem versões punk de sucessos dos anos 80.

Sim vamos, e o álbum é bom pra caralho!!!

Claramente a banda Moonlight Desires, fez um grande papel, se propõe a fazer novas roupagens de clássicos dos anos 80 e pela segunda vez já que seu debut de 2015 com Frankie Goes To Hamilton

A banda tem essa característica e manda muito bem. Eles pegam a levada Pop dos anos 80 e basicamente a recriam com o hard rock misturando com o Punk, em estilos parecidos com Green Day, Fall Out Boy, Blink 182 e por ai vai… Se você não for troo e quiser se divertir esse tipo de álbum faz você curtir um rock regado a muita cerveja e diversão.

Criminal Minds” – originalmente gravada por Lawrence Gowan, aqui aquela versão bem mais puxada para o Punk dos anos 90, mantendo até a pegada original, porém a música não fez tanto sucesso no brasil e talvez por isso que eu tenha gostado tanto, e nesses álbuns covers sempre descobrimos grandes músicas lado B e essa foi uma delas.

Sunglasses At Night” – Sinceramente essa música eu não me recordei e basicamente ela passou batida nas audições que tive no CD embora o ritmo seja empolgante dificilmente vamos voltar e ouvir essa música

Out of Touch” – A intro de baixo eu gostei bastante que era uma característica forte dos anos 80 e a guitarra com o riff que te faz reconhecer a música de Hall & Oates, te faz lembrar da época e sim colocar um sorriso, e soa interessante para as casas noturnas que tem som mecânico, pois a harmonia da música nessa versão mais hard rock, ficou muito boa, arriscando até um blast beat no meio da música, mas essa realmente ficou uma das melhores músicas e lógicos versões feitas nesse disco.

Hungry like the Wolf” – A música mais pesada que o Duran Duran fez, e aqui, a banda fez uma boa versão, porém tentando acelerada a versão original dos ingleses ainda se saiu mais pesada, porém isso não deixa essa música ruim, mas quando pensa nessa canções POP para uma versão metal penso num som épico e isso a banda não conseguiu.

Young Turks” – Sabe aquela música que você adora, mas nunca lembra o nome, então isso não é privilégio da época de Streaming, e o Moonlight Desires, fez uma versão de Rod Stewart ficou fudida, um rockão de agitar a cabeça querer ir para uma roda, e mantendo o clima da versão original, e isso sim, acho que foi o grande mérito deles nesse disco.

Bettie Davis Eyes” – Kim Karnes literalmente deve ter tido um orgasmo se ouviu essa versão, outra que merece destaque, uma interpretação primorosa do vocalista Trevor Ziebarth, e um trabalho bem interessante de guitarra, e fiz o teste de colocar essa música em uma estrada ao fim da tarde, o pé direito chega a pesar de tanto que acelera… a melhor faixa do disco, disparado.

Holding back the years” – aquela banda chata chamada Simply Red, também foi homenageada e nessa versão de um clássico novelístico que com certeza, muitos que estão lendo foram feitos talvez com seus pais escutando ela, porém esqueçam o ritmo lento e romântico, aqui um clima tenso, quase fúnebre, e foi nessa versão foi a que mais mudou da versão original o que a deixou muito mais interessante.

Valerie” – Steve Winwood, um grande astro Pop dos anos 80 que até se encontra bem sumido, também foi homenageado, e outro rockão que ficou com sensacional, e conseguiram incluir, alguns dedilhados da versão original nessas versão e ganhou ainda mais tom nostálgico, porém muito bem feita.

Promises, Promises” – essa música foi outra dos anos 80 que praticamente passou batida por aqui, e mesmo escutando é aquele tipo de música que se você não gostava dela, não faz muita diferença, pois também é uma versão chuchu com melancia ou seja sem gosto de nada. Alguns que escutarem podem acha-la interessante, mas passou batida.

Something About You” – O primeiro single do CD, e temos o vídeo abaixo, e que versão fudida, e ficou bem melhor que a original dos horríveis Level 42, aqueles rockão que chamam a atenção na primeira audição, o riff rasgando, o refrão pegajoso e a voz subindo, a receita perfeita para uma grande sucesso comercial, e souberam manter perfeitamente a harmonia pop original com um baita peso

The Power of Love” – aquela banda que você conhece da música “Relax”, Frank Goes to Holywwod, também tem esse sucesso, que embora não foi bem tocada por aqui, mais por ser uma balada, chamou certa atenção mas aqui, também assim como a música do Simply Red, criaram um outro clima, e ficou excelente, mais uma das preferidas

Um grande álbum, talvez nostálgico por ser outro álbum voltado aos anos 80, mas como foi uma década em que a indústria fonográfica investiu pesado em artistas e vários sucessos estão ai para ganharem uma nova roupagem já que as gerações seguintes não tiveram o suporte ou o talento para fazer músicas tão impactantes como daquela época e fica aqui todo o mérito a banda Moonlight Desires que conseguiu muito bem resgatar aquele clima e colocar roupagens atuais para que as novas gerações conheçam o que foi aquela década musicalmente.

  1. A Criminal Mind (3:43)
    2. Sunglasses At Night (2:56)
    3. Out of Touch (3:17)
    4. Hungry Like The Wolf (2:59)
    5. Young Turks (3:51)
    6. Bettie Davis Eyes (3:01)
    7. Holding Back The Years (3:31)
    8. Valerie (3:15)
    9. Promises Promises (3:03)
    10. Something About You (2:50)
    11. The Power of Love (4:38)
    Album Length:  37:09

Release Date: September 15, 2017
Label: Infamous Butcher Records
Distribution: IDLA (Worldwide Digital Delivery)’ and Available On: All digital platforms

Album Credits:

– All songs performed by:  Moonlight Desires
– All songs written by: Various Artists
– All songs arranged by: Trevor Ziebarth- Produced by: Mitch Bowden at Mechanical Noise Studio in Dunnville, ON
– Mixed by: Mitch Bowden at Mechanical Noise Studio in Dunnville, ON
– Mastered by: Bill Henderson at Azimuth Recording
– Album Artwork by: Tara Smith (Photography), Jay Ziebarth (Layout/Arrangement), Tone Vantresca (Logo), Trevor Ziebarth (Concept)
– Member of SOCAN: Trevor Ziebarth
– Canadian Content: Yes

Live Band Lineup:
– Trevor Ziebarth – Vocals, Rhythm Guitar
– Marco Bressette – Lead Guitar
– Nick K. Daleo – Rhythm Guitar
– Jay Ziebarth – Bass, Vocals
– Scott Brady – Drums

Discography
2017 – Just The Hits: 1981-1985
2014 – Frankie Goes To Hamilton

Comentários:

Sobre o autor:

Marcos Cesar de Almeida:
"Metaleiro das antigas" ou Tiozinho dos shows, Torcedor do Monte Azul, ouço todas as vertentes do Metal, Hard, folk, death, THrash, tendo distorção e bem feito tá valendo. Twiter : @BULLINO

já escreveu 2028 artigos para a Ilha do Metal.