Virada Cultural 2010: Diversidade cultural e muito Rock/Metal!

Esta notícia é antiga e foi publicada à 8 anos atrás.

Você pode encontrar novas notícias através do arquivo de notícias da Ilha do Metal

Acontecerá no terceiro final de semana de maio – dias 15 e 16 – a sexta edição da já consagrada Virada Cultural da cidade de São Paulo. Pra quem não sabe, trata-se de uma “maratona cultural”, ou seja, 24 horas de atividades culturais espalhadas em vários pontos da cidade de São Paulo: shows, peças teatrais, exposições, oficinas, etc.

Segundo a organização do evento, a estimativa para 2010 é de um público recorde de 5 milhões de pessoas (contra os 4 milhões de 2009). A área do evento também foi ampliada – 47 palcos espalhados pela região central da cidade – tendo a prefeitura de São Paulo desembolsado para 2010 o valor também recorde de 8 milhões de reais.

A grande atração da Virada é a banda nova iorquina de Funk Metal Living Colour, que, depois de cancelarem shows no Brasil ano passado, voltam ao país para realizar os shows da turnê do novo álbum – The Chair in the Doorway.

Destaque também para o grupo Grand Mothers – Re:invented, banda formada por ex-membros da lendária banda de Rock Progressivo dos anos 60 e 70 The Mothers of Invention, liderada pelo não menos fantástico guitarrista Frank Zappa.

A cena Metal brasileira estará bem representada pela banda de Death Metal Krisiun.

O Living Colour se apresenta no palco da Praça Júlio Prestes, às 3h00min de domingo (16/05). Grand Mothers e Krisiun se apresentam no palco Rock, montado na Avenida São João, às 20h00min de sábado (15/05) e às 5h00min de domingo, respectivamente.

Ficou curioso? Compareça! As atrações são todas gratuitas!

Para mais informações: Virada Cultural 2010