Metal Open Air: Produção culpa governo do Estado por falta de verba.

O corte de verbas prometidas por patrocinadores e pelo governo estadual somado a problemas de fornecimento de energia da região foram os principais fatores que causaram os problemas de estrutura e o cancelamento de várias atrações do Metal Open Air, festival realizado em São Luís, no Maranhão, de sexta (20) a domingo (22).

As informações, obtidas com exclusividade pelo UOL, são dos dois principais organizadores do evento: Natanael Jr., da Lamparina Produções, e Felipe Negri, da Negri Produções.

Segundo Negri, o corte de abastecimento de energia na quinta-feira (19) prejudicou a montagem dos palcos. Esse foi o motivo do atraso de mais de cinco horas no início dos shows na manhã de sexta (20), primeiro dia do festival.

Sobre o cancelamento da banda inglesa Saxon, Negri disse que a falta de verba prometida pelos patrocinadores e pelo governo do Maranhão não permitiram o pagamento do cachê. Ao contrário da banda Venom, que segundo os organizadores tiveram o cachê totalmente pago, mas foram impedidos de vir por problemas de visto.

O mesmo problema também forçou a desistência das bandas nacionais, que não tiveram suas passagens aéreas emitidas. Negri disse que não há possibilidade de cancelamento ou encurtamento do festival, mas que eles estão tendo que resolver os problemas “na unha”. Sobre o risco de outras atrações não comparecerem, os dois organizadores disseram que ainda não há nada oficial e que todas ainda estão confirmadas.

O representante do Procon, Bruno Leal, conversou com os organizadores e disse que as reclamações de propaganda enganosa serão apuradas pelo órgão.

Veja o restante da notícia no UOL.