Manifesto Rock Fest 7 (terceira eliminatória)

Esta notícia é antiga e foi publicada à 7 anos atrás.

Você pode encontrar novas notícias através do arquivo de notícias da Ilha do Metal

manifesto rock fest 7

Dia 27 de setembro, aconteceu mais uma das eliminatórias do Manifesto Rock Fest 7 (a terceira eliminatória,  para ser mais específico) que contou com as bandas Kindolfo, Judas Rising Muriçoca Urbana, Carapuça, Death Revenge, Cabrera, Mandhú, Rock Label e Necromonster.

Mesmo com muita chuva na capital paulista, o público compareceu mais uma vez no Manifesto Bar para conferir, desta vez, a terceira eliminatória do MRF que contou com 9 bandas disputando mais quatro vagas para as semifinais do evento.

Já passava das 6 da tarde quando a banda Kindolfo começava a mandar seu som, com muita energia e diversão encima do palco para o público que ainda chegava Destaque para a presença de de palco da banda e principalmenta para o gorila trompetista, isso mesmo, você não leu errado, confira nas fotos!

Não demorou muito para a segunda banda aparecer, tocando alguns clássicos do Judas Priest, como A Touch of Evil e até mesmo  a fase Tim Ripper da banda, os caras do Judas Rising fizeram uma boa apresentação, que só não foi melhor por ter faltado a Painkiller no repertório (rs), mas é compreensivo por causa dos 20 minutos para cada banda.

Ao entrar com chapéus típicos da região do Nordeste, a banda Muriçoca Urbana despejou seu repertório de músicas prórprias, que misturava rock com música regionalista e refrões fáceis de serem decorados. No fim, ainda deixaram um recado contra a aversão de negros e nordestinos dentro do rock’n’roll. Apoiada a causa!

Devido ao atraso da banda Grande Dose, chega a vez da banda Carapuça começar seu show, com Roots Bloddy Roots (Sepultura) logo de entrada, a banda começou muito bem, mesmo alguns espaços entre-músicas seguidos de discursos que se perdiam, o vocalista dava o tom seguindo até o fim com músicas próprias. Destaque para a letra de encerramento do show , Lenhadores do Mar, que segundo a banda e depois confirmada pelo público, não fazia qualquer sentido.

Com o anuncio oficial da desclassificação da banda Grande Dose, a sequencia de bandas se seguiu com a Death Revenge, que muitos se perguntavam se tratava-se de uma banda de Death, por causa do nome,  ou Gótico, por causa da vestimenta da vocalista. Bom, nem Death nem Gótico. Entre as suas músicas próprias, tocaram também uma cover de Perfect Strangers do Deep Purple.

Com a casa cheia, a quinta banda da noite, Cabrera tocou alguns clássicos do Metallica. Essa apresentação marcou a boa participação do público.

Chegando perto do final da noite, mais uma boa banda encima do palco. Naquela hora, a banda Mandhú tocava alguns cover de bandas como Kings of Leon.

A apresentação da penultima banda foi a mais complicada na parte técnica de som, tocando inclusive a música Cochise (Audioslave) inteira com falhas no microfone. Corrigido os problemas, a banda Rock Label mostrou ainda covers de Dio e Jorney, encerrando sua participação.

A expectativa pelo resultado aumentava a cada banda que passava pelo palco e finalmente tudo chegava ao seu desfecho assim que a banda Necromonster iniciou seu som. Com seu horror punk, a banda homenagiou os que certamente são sua maior influência, a famosa banda de horror punk, Misfits. Destaque para a balada punk apresentada, uma balada ensurdecedora!

Resultado: Os classificados pelo juri (num total de 80 pontos possíveis foram a Rock Label (65,5 pts – que tocará na semi-final do dia 17/10, e a Judas Rising (64,5 pts – tocará na semi-final do dia 24/10); pelo voto popular foram classificadas as bandas Cabrera (30 vts – classificada para a semi-final do dia 24/10), e a Carapuça (20 vts – classificad para a semi- final do dia 17/10).

PS: desculpem a minha demora para postar essa eliminatória (rs)

Ps2: Peço que as bandas passem seu myspace para que seja colocado na matéria (seja nos comentários ou comunidade do MRF).

Até a próxima!

Tags: Manifesto Rock Fest 7

Comentários:

Sobre o autor:

Eduardo Escobar:
Paulistano, trabalha com TI e é um eterno estudante de Ciência da Computação. Vocalista nas horas vagas, foi iniciado pelo Iron Maiden há muito tempo, curte Futebol, Truco, Poker, Stoner/Sludge/Doom Metal mas não dispensa bandas de outras vertentes. Aqui na A ILHA DO METAL, é responsável pela parte administrativa do site, mas também publica conteúdo.@eduescobar Facebook

já escreveu 2090 artigos para a Ilha do Metal.