Edu Falaschi: Pronunciamento oficial do artista

Esta notícia é antiga e foi publicada à 6 anos atrás.

Você pode encontrar novas notícias através do arquivo de notícias da Ilha do Metal

Segue abaixo o depoimento de Edu Falaschi, vocalista das bandas Angra e Almah na íntegra:

“Caros amigos,

Finalmente, eu gostaria de esclarecer alguns fatos em relação a minha voz com toda a sinceridade, humildade e integridade que eu possa ter! Independente de todos os problemas técnicos que enfrentamos, mesmo em grandes produções!

Por mais de 20 anos eu trabalhei sem um dia de descanso dentro do Heavy Metal, do qual todos sabem do grau de dificuldade e das exigências técnicas do estilo. Ao entrar no ANGRA em 2001, tive ainda que me adequar a uma forma de cantar particularmente aguda e totalmente fora da minha tessitura e da grande maioria dos cantores! Na época, assumi a bronca e encarei toda a pressão!

Porém, há 10 anos era bem mais fácil devido ao fator físico, empolgação e idade. Fui ano após ano sentindo, progressivamente, as dificuldades de se cantar algo tão agudo e fora da minha característica natural! Lutei até o fim! Fiz o possível e o impossível para continuar a cantar bem as músicas do ANGRA, principalmente as mais antigas, sempre em tons agudos, pois o público do Metal Melódico, impiedosamente, sempre “exigiu” isso de nós cantores. Mas, infelizmente hoje, mais velho e mais experiente, devo assumir que não estou mais apto a cantar tão agudo! Estou extremamente cansado e sentindo o peso de tudo isso na minha própria voz! Devo finalmente assumir isso para o meu próprio bem!

Peço desculpas por ter tentado e decepcionado meus parceiros e queridos fãs! Sou um cantor barítono que domina a região dos médios, graves drives e o canto com voz de peito, de forma mais agressiva! Assim como eu fazia no Symbols e faço hoje no Almah!

Conquistei muitas coisas e construí grande parte da minha história vitoriosa com meu próprio perfil que é o meu forte! E, definitivamente, só vou cantar dentro do meu limite a partir de hoje! Seja no ANGRA ou em qualquer outra banda!

Me desculpem por finalmente eu decidir ser o que eu realmente sou, ao invés de ser o que as pessoas desejam que eu seja!

Muito obrigado do fundo do meu coração a todos os fãs que sempre me apoiaram e incondicionalmente me defendem! Farei sempre o meu melhor cantando e compondo por vocês e pela boa música! Com toda minha verdade e emoção!

Eis o primeiro passo de uma nova fase na minha carreira! Sejam bem vindos ao verdadeiro Edu Falaschi e sigamos juntos para o futuro! Felizes, confiantes e apaixonados pela música mais foda do mundo, o Heavy Metal!”

Edu Falaschi

Fonte: Ms Metal Press

Tags: Almah, Angra, carta, edu falaschi

Comentários:

Sobre o autor:

Eduardo Escobar:
Paulistano, trabalha com TI e é um eterno estudante de Ciência da Computação. Vocalista nas horas vagas, foi iniciado pelo Iron Maiden há muito tempo, curte Futebol, Truco, Poker, Stoner/Sludge/Doom Metal mas não dispensa bandas de outras vertentes. Aqui na A ILHA DO METAL, é responsável pela parte administrativa do site, mas também publica conteúdo.@eduescobar Facebook

já escreveu 2090 artigos para a Ilha do Metal.