Dimmu Borgir: “vamos fazer algo muito especial na América Latina”

Se falamos de Symphonic Black Metal, sem sombra de dúvida o Dimmu Borgir é o principal nome do estilo. Formada em 1993 em Oslo, na Noruega, a banda liderada por fundadores Shagrath (vocal, teclado) e Silenoz (guitarra), fechando a formação com Galder (guitarra) e Daray (Bateria).

O guitarrista Silenoz recentemente cedeu uma entrevista ao site chileno RockNvivo, falando sobre as expectativas das apresentações na America Latina e a evolução de seu som com o passar dos anos .Confira abaixo alguns trechos da entrevista:

RockNvivo :A banda passou por muitas mudanças em sua lineup. Shagrath e você estão no centro das criações por trás do Dimmu Borgir. Como você se sente estando na banda por tanto tempo?

Silenoz: Eu estive com Shagrath desde o início, tivemos momentos bons e momentos difíceis, é claro. Como um grupo, estamos frustrados com as mudanças na formação, mas acho que tudo fez a banda mais forte. É claro, ficamos chateados quando as coisas dão errado, mas tudo aconteceu para melhor.Tivemos músicos muito bons na banda, cada membro tem diferentes pontos de vista. As pessoas podem pensar que trabalhar comigo e Shagrath é complicado, e realmente não sei. Muitos deles (ex-membros) mudaram seus interesses e se concentrarão em outras coisas, não mais interessados como antes no Dimmu Borgir quando eles partiram. Temos ido bem, apesar dos problemas, o que é muito válido

RockNvivo : O Dimmu Borgir tornou-se mais progressivo e sinfônico ao longo dos anos. Foi esta uma atitude singular ou buscavam um som diferente?

Silenoz: Eu acho que foi natural que nós fizemos algo um pouco diferente, já que não se pode fugir muito de suas características originais. Nós escrevemos e tocamos o que achamos adequado ​​com o que pensamos e gostamos. O que não é do nosso agrado, vamos descartá-lo.

RockNvivo: Ouvi de alguns fãs da banda, que o Dimmu Borgir tem “amolecido” e “suavizado” ao longo dos anos. O que você diria a eles?

Silenoz: Hahaha! Bem, se você comparar o nosso último álbum com o mais antigo, claramente, você percebe que hoje nosso som é mais pesado e mais brutal do que os anteriores! Eu não sei se aqueles que dizem isso estão tendo alucinações, eu toco na banda então eu sei o que falo! (Risos).

RockNvivo: Você tem planos futuros para voltar a gravar mais um álbum clássico como fez em 2005 com o Stormblåst (1996)?

 Silenoz: Mmm. Na verdade não. Estamos nos concentrando neste momento para começar a escrever um novo álbum, que esperamos lançar em 2013, quando completaremos 20 anos como uma banda, e queremos que ele seja muito especial. Vai ser uma viagem interessante, cheia de coisas novas também.

RockNvivo: Como foi a experiência de gravar o Forces of the Northern Lights, com uma orquestra e coral?

Silenoz: Maravilhoso! Bem, ainda estamos à espera para a edição do DVD, eu não posso dar mais detalhes sobre isso, mas estamos remasterizando. Incluirá todo o show, será um DVD realmente matador.

RockNvivo: Em sua ultima apresentação em Novembro no Reino Unido, tocaram na íntegra Enthrone Darkness Triumphant (1997), no show chamado de “An Evening with Dimmu Borgir.” Em suas apresentações na América Latina, há possibilidade de  interpretá-lo em sua totalidade?

Silenoz: Eu não posso dizer neste momento o que nós vamos tocar, mas você pode ter certeza que vamos fazer algo muito especial na América Latina. Como eu disse, não tocamos lá há muito tempo. Nós queremos que os fãs enlouqueçam e passem por um grande momento.

RockNvivo: Você tem algum tipo de relacionamento com os antigos membros da banda?

Silenoz: Sim, estamos em contato com ex-membros como Nagash (baixo). Duas semanas atrás eu estava com Nicholas (Barker, baterista), chegou a tocar conosco aqui em Oslo. Sim, mantemos contato com a maioria.

RockNvivo: Qual é seu álbum favorito de Dimmu Borgir?

Silenoz: Ugh! Olha, eu estaria mentindo se eu dissesse Abrahadabra (2010), é o meu favorito. Mas, sem dúvida, um deles é Enthrone Darkness Triumphant (1997): foi o álbum que nos colocou no em evidencia. Acho que foi o nosso primeiro álbum real, com a qual começamos a turnê, entramos numa gravadora boa, começamos a soar muito melhor graças à produção, e assim por diante. Tudo começou a partir daí, para ser honesto.

RockNvivo: O que você pensa sobre a cena black metal atual?

Silenoz: Há muitas de bandas realmente interessantes… Eu não estou imerso nele, eu ouço muita música diferente agora, tento não ficar “preso” com qualquer estilo particular. Agora, por exemplo, estou ouvindo um monte de música indiana, coisas loucas, e também me farto de grindcore (risos).

DImmu Borgir no Brasil :

DIMMU BORGIR – “The South American Tour 2012’’
– 06/03/2012 – SÃO PAULO
Local: Carioca Club (http://www.cariocaclub.com.br/)
Banda de Abertura: Não há
Data: 06 de Março de 2012, Terça-feira
Horário: Portas – 19h / Show – 21h / Término do show – até as 23h
Endereço: Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2.899 – Pinheiros – São Paulo – SP
Telefones: (11) 3813-8598 / 3813-4524 / 3814-5711
Classificação etária: 14 anos –
Capacidade: 1700 pessoas

*Será expressamente proibida a entrada de câmeras fotográficas profissionais e semi-profissionais.
*A organização do evento não se responsabiliza por ingressos comprados fora dos sites e pontos de venda oficiais.

Informações e compra de ingressos:
As vendas começam a partir de 24 de Novembro através da Ticket Brasil – www.ticketbrasil.com.br/show/dimmuborgir-sp (em até 12x no cartão) .

Mais informações sobre pontos de venda, preços e formas de pagamento acesse o site da Ticket Brasil – www.ticketbrasil.com.br.

Preços dos ingressos:

– PISTA – Inteira: R$165,00
– PISTA – Meia-entrada: R$85,00
– CAMAROTE – Inteira: R$265,00
– CAMAROTE – Meia-entrada: R$135,00