Sextrash: ” Sempre, fazer música sincera e com vontade, sem contar com com sucesso ou dinheiro

Metal de Minas Gerais, O berço da música extrema do brasil.

A quantidade de bandas, e quase todas boas que apareceram nas Gerais é algo impressionantes e uma delas que sempre chamou a atenção seja pelos Riffs, seja pelas capas, ou pelas letras, foi o Sextrash, que está na luta pelo underground há mais de 30 anos.

E perto de desembarcar no Hell de Janeiro, conversamos com o guitarrista Mark sobre um apanhado geral da banda, falando do começo, do prazer de voltar ao Rio e da geração streaming…

Pauta por JNTheodoro

SEXTRASH NESSAPORRA!!!!

A ILHA DO METAL) A banda está completando 30 anos de carreira. Nos primeiros ensaios, com todos os obstáculos existentes no país, chegaram a pensar que isso seria plausível ?

Mark) Na verdade, sempre quisemos ser reconhecidos e gravarmos nossos discos, nos anos 80 e comecinho dos 90, a dinâmica era totalmente diferente de hoje.
Antes, o máximo que se conseguia por conta era gravar uma demo ( na maioria das vezes de forma tosca e ao vivo) em fita K7, gravação profissional e ter um disco na mão era algo que precisava de muito investimento ou uma gravadora. Não existia internet, nem home studio, era na raça do K7 e correr atrás de uma gravadora. Hoje em dia tudo é muito mais fácil, qualquer um grava e coloca na rede. Mas o sonho e o fato de ser plausível, sempre pensamos e queríamos.

A ILHA DO METAL) O que podemos esperar do SexTrash para os próximos 30 anos ?  

Mark) Muito sangue nos olhos, mais discos novos, muitos shows e turnes e estarmos com mais de 60 anos com toda a raça de hoje.
A ILHA DO METAL) Vocês já estão planejando um novo álbum. Já há algo composto, ou uma previsão de lançamento?  
 Mark) Sim, estamos compondo e preparando o novo álbum, e para breve. Aguardem um novo trabalho muito foda, digno do SEXTRASH.

A ILHA DO METAL) Antigamente era muito comum as bandas lançarem novos álbuns em períodos curtos de tempo (1-3 anos), na sua visão o que aconteceu no cenário da música que estendeu esta janela?

Mark) Sim, os 3 primeiros ( incluindo o compacto) foram lançados dentro dessa janela. Após isso, a banda teve mudanças de membros, os membros também tiveram outros compromissos extra musicais e infelizmente tivemos o acidente com o Osvaldo, o que fez a banda parar por alguns anos. Quando voltamos já gravamos o rape from hell.
Após isso fizemos alguns shows, a formação teve outras mudanças também. Outro fator que contribui para essa janela ter um hiato maior, é pq infelizmente não podemos viver só da música no país, portanto, todos nós temos outras profissões e correria.

A ILHA DO METAL) Com 30 anos de estrada a banda já passou por algumas modificações em seu lineup , qual a formação da banda hoje e como estas mutações influenciaram na sonoridade da banda ? 
As mudanças não chegaram a influenciar no som da banda, pq sempre tivemos esse cuidado em relação as composições e manter a essência da banda.

Mark) Sempre tivemos o Krueger a frente da banda e ele é o único membro fundador. Além de mim (Marck) que estive na maioria das formações e tbm estou desde a volta da banda. O lineup de hoje é formado por músicos das primeiras formações juntamente com o rodrigo, que é amigo desde o começo da banda e viveu todas as fases do SEXTRASH com a gente.

A ILHA DO METAL) Como é o processo de composição / criação da banda ? Todos participam ?
Mark) Sim, todos participam, chegamos com ideias no estúdio e todos trabalhamos as ideias juntos.

A ILHA DO METAL) Um dos integrantes é do interior de SP. Isso dificulta a rotina de ensaios ? Ou a tecnologia acaba suprindo esta lacuna?

Mark) O integrante que morava no interior de São Paulo, veio morar em BH para facilitar os processos de ensaios, composições. Portanto, agora o SEXTRASH tem e terá membros que estejam mais próximos.

A ILHA DO METAL) Sexual Carnage foi relançado recentemente em vários formatos, tanto no Brasil como no exterior. Funeral Serenade em uma versão bem bacana com DVD.  E o Rape from Hell ? Há previsão de relançamento em outras versões ? 

Mark) Em breve veremos a questão do rape, mas ainda não temos essa previsão. Gostaríamos de ver todos os cds relançados e ativos.

A ILHA DO METAL) Existem planos para alguma turnê internacional ? 
Mark) Sim, claro, sempre. Estamos com um produtor/Manager agora, Phill Lima da Over Metal, e ele está negociando essa parte, mas já existem negociações relativo a isso.
A ILHA DO METAL) Sextrash é uma banda autosustentável ?
Mark) SEXTRASH é uma banda sustentada por nós mesmos.
Com investimentos próprios. Hahahahaha

A ILHA DO METAL) Muita coisa melhorou nestes 30 anos (Equipamentos, conhecimento, estrutura ….)  mas algumas ainda persistem. Quais os obstáculos que até as bandas veterenas de metal enfrentam ainda hoje.   Alguma dica para quem está começando ?

Mark) A tecnologia chegou para ajudar, mas a dinâmica hoje em dia mudou muito, principalmente em relação a público e shows.

Com o advento da internet, YouTube, etc….

O público se diluiu demais, não valorizam mais os shows de bandas locais entre vários outros fatores. Mas, para quem está começando, a dica que eu dou é fazer música vinda do feeling, sempre, fazer música de forma sincera e com vontade, mas não contar muito com sucesso ou dinheiro. Focar no que acredita e fazer por prazer, o resto pode vir por consequência.

A ILHA DO METAL)  Na sua visão, o Sextrash é uma banda que agrada mais a velha guarda ou a nova geração de headbangers ? Mark) Com certeza a velha guarda, mas temos muitos fãs da nova guarda tbm, que curtem sons dos anos 80/90.

A ILHA DO METAL)  Fora do metal, o que você e os outros integrantes costumam ouvir ? Um artista (ainda pouco badalado) que vocês indicariam ?  

Mark)  Não posso falar por todos, mas eu, particularmente, ouço só bandas dos anos 80/90.Não ouço muitas bandas novas. Acho que a música se perdeu um pouco, muito pouca coisa boa surgindo, a maioria falta criatividade.

A ILHA DO METAL)  Uma mensagem valeu pela entrevista, e manda uma mensagem aos fãsa e ao público carioca que vai colar no show de vocês dia primeiro!!!

Mark) Estamos muito ansiosos para esse show no rio.

Um lugar que temos um carinho especial, foi o nosso primeiro show oficial com o SEXTRASH da tour do funeral serenade, respeitamos demais o público carioca, temos muitos amigos e fãs por aí.
E vamos tocar com sangue nos olhos.

 

A ILHA DO METAL tem o Apoio Cultural da T4F – SOLID ROCK FESTIVAL

SOLID ROCK – DEEP PURPLE, LYNYRD SKYNYRD E TESLA
Cerveja Oficial: Heineken
Realização: TIME FOR FUN

CURITIBA (PR) – Pedreira Paulo Leminski

Data: Terça-feira, 12 de dezembro de 2017
Ingressos: de R$ 145 a R$ 660 (ver tabela completa)
Pela Internet: www.ticketsforfun.com.br
Retirada na bilheteria e E-ticket – taxas de conveniência e de entrega.

Pontos de venda no link: http://premier.ticketsforfun.com.br/shows/show.aspx?sh=pdv

SÃO PAULO (SP) – Allianz Park

Data: Quarta-feira, 13 de dezembro de 2017
Ingressos: De R$ 130 a R$ 580 (ver tabela completa)
Pela Internet: www.ticketsforfun.com.br
Retirada na bilheteria e E-ticket – taxas de conveniência e de entrega.

RIO DE JANEIRO (RJ) – Jeunesse Arena
Data: Sexta-feira, 15 de dezembro de 2017.
Ingressos: de R$ 125 a R$ 650 (ver tabela completa)
Pela Internet: www.ticketsforfun.com.br
Retirada na bilheteria e E-ticket – taxas de conveniência e de entrega.

Banda(s) / Artista(s):

Tags: Sextrash

Comentários:

Sobre o autor:

Marcos Cesar de Almeida:
"Metaleiro das antigas" ou Tiozinho dos shows, Torcedor do Monte Azul, ouço todas as vertentes do Metal, Hard, folk, death, THrash, tendo distorção e bem feito tá valendo. Twiter : @BULLINO

já escreveu 2089 artigos para a Ilha do Metal.