Leviæthan: Entrevista com a lenda do Metal Nacional Flavio Soares

Comemorando meu centésimo post, na qual deixei para postar uma semana depois de recebido, também como homenagem a essa lenda do Metal Nacional Mr. Flavio Soares e sua banda que para quem gosta de Thrash é mais do que SENSACIONAL.

Com vocês Leviaethan

1-) Bom dia , Flavio, primeiramente obrigado pela oportunidade, e gostaria que você apresentasse o Leviæthan a galera nova que diferente de quem viveu o Heavy Metal no anos 80 ou começo dos anos 90, que ainda não conhecem o Leviæthan,  e como esta a formação hoje. e qual diferença que você ve no inicio de carreira com hoje em dia, principalmente com a concorrencia com shows internacionais, chegando ao cumulo de ter 2 ou 3 shows internacionais no mesmo dia.

Opa Marcos, eu que agradeço a oportunidade…
Bom, o Leviæthan é uma banda gaúcha de Thrash Metal formada em 1983 por dois caras que estavam procurando por um baixista e me acharam por intermédio de um amigo em comum… O nome, tiramos de um livro de Thomas Hobbs, O Leviatã (em portugues) onde ele critica a sociedade, a religião e o Estado, assuntos que, na época, abordávamos nas letras… Vale dizer, que nesta época escrevíamos as letras em português… A formação era eu (baixo), Carmelo Zarbá (guitarra) e Rossano Nadal (bateria e vocais). Gravamos uma música (“Guerreiros das Ruas”) para uma coletânea gaúcha (“Rock Garagem”), o que fez com que a gente entrasse no circuito de shows por aquí.

Depois disso, Rossano saiu e, além de eu assumir os vocais, no posto de baterista, entrou Danilo Pizzato. Com esta formação, gravamos a nossa única demo-tape (“Thrash Your Brain”) até hoje… Depois, o guitarrista Carmelo saiu e entraram no seu lugar Carlos “Lots” Henrique e Alexandre Colletti, e como um quarteto, gravamos dois álbuns (Smile” em 1990 e “Disturbed Mind” em 1992) pela Rock Brigade Recods.. Depois da morte de Colletti, houve a inclusão do guitarrista Joã Marcelo, mas em 1997 a banda deu uma parada.

Em 2002, Lots e eu voltamos com a banda com o baterist Ricardo “Ratão”, depois o guitarriista Denis “Blackstone” se juntou à nós, Lots saiu definitivamente e em 2010 o guitarrista Manoel Rodrigues foi incorporado ao Leviæthan, inclusive participando da Smile – 20 Years of True Thrash Metal Tour, shows em comemoração aos 20 anos de lançamento do Smile em que o tocamos na íntegra!

É, os shows internacionais e a onda cover começam a preocupar, pois ameaçam as bandas com material autoral… não podendo fazer shows, as bandas não tem como se manter…e adiferença daquela época pra agora é a informação… antes tinha o esforço, a atitude, que não se vê mais por aí… melhorou pra voce divulgar a sua banda, mas piorou no aspecto facilidades… hoje em dia, qualquer coisa que voce queira está disponivel… até quem não é músico grava um puta CD… antes, você tinha que entrar em estúdio bem ensaiado, se não. já era !

2-) Até hoje lembro do show no Garagem Hermética em Porto Alegre, e foi sensacional, como estão de shows, ta tendo alguma surpresa neles, A versão de “Pimponetta”ta sendo tocada, de quem foi a ideia e como foi a gravação dela?

Opa, de show tá rolando legal…quase todo o mes tem um por aí… hehe, quando nos pedem, tocamos Pimponetta… ela foi a primeira das muitas vinhetas que a insanidade da gente criou… tinham muitas que a gente frez, mas a gente gravou Pimponetta e esta ficou famosa

3-) O que podemos esperar do Leviæthan para os proximos dias, o que vocês lançaram em breve e o que mais podemos esperar do Leviaethan em 2011 e 2012?

Buenas, ainda em 2011, queremos (re) lançar o nosso 1º álbum (“Smile”), e finalizar as gravações do novvo trabalho… Em 2012, o2º álbum )”Disturbed Mind”) fará vinte anos, e além de (re)lançã-lo, faremos os shows de comemoração, onde tocaremos ele na íntegra… Fora isto, pretendemos tocar mais pelo centro do país, em estados como SP e MG e também pelo Norte e Nordeste

4-) O que está achando desse revival no Heavy Metal com que esta acontecendo hoje e a volta do Rock na mídia?

Isto é cíclico, e já houve um revival… agora a onda é o Thrash Metal… é bom, porque coloca em evidência quem está e sempre esteve no movimento… e depois, fica quem realmente é da coisa… rsrsrs !

5-) Entrei numa discussão com um amigo sobre qual seriam as bandas e se seria viável um Big Four Brasileiro, que na minha opinião vocês estariam nele, junto com o Vulcano, Korzus e Sepultura.O que acha desta idéia?

Nossa, acharia formidável poder fazer uma tour nacional com essas bandas, mas a gente sabe que o interesse financeiro é que prevalece, mesmo no Big 4 original… Mesmo assim, não custa sonhar !

6-) Como tem sido a recepção do seu programa Mundo Metal na Ipanema FM ?

Está pegando fogo, pois investí no Facebook e realmente está bombado… e eu já tinha muitos ouvintes da época em que apresentei outro programa na mesma rádio, então… e é muito legal, pois “teimo” em fazê-lo “ao vivo”, e posso interagir bastante com os ouvintes….

7-) Espero poder ver vocês em breve aqui em São Paulo, ou imediações, te agradecer pela oportunidade, e pela importância que você tem no Metal Nacional, você foi um dos responsaveis da consolidação do metal no Brasil. Deixamos esse espaço para o que quiser junto aos nossos leitorese fãs do Leviæthan.

Pô, agradeço as palavras e também pelo reconhecimento… com certeza, faremos de tudo para tocar aí em São Paulo, pois também temos interesse nisso… e em outras regiões do país… !

E para quem gosta do Leviæthan oi quiser conhecer mais, é só acessar o Myspace, o Reverbnation o Youtube ou a nossa página no Facebook… ou adicionar  o meu perfil (Flavio Soares Leviaethan)… entrem em contato… Grande abraço !!!!

“… And Let Us Thrash Your Fucking Brains !!!”

Nós é que agradecemos pelo seu talento e força ao Metal Nacional.

MYSPACE:
www.myspace.com/leviaethanthrash
REVERBNATION :
www.reverbnation.com/leviæthan
YOUTUBE:
http://www.youtube.com/results?search_query=leviaethan&aq=0
FACEBOOK:

Tags: Leviæthan

Comentários:

Sobre o autor:

Marcos Cesar de Almeida:
"Metaleiro das antigas" ou Tiozinho dos shows, Torcedor do Monte Azul, ouço todas as vertentes do Metal, Hard, folk, death, THrash, tendo distorção e bem feito tá valendo. Twiter : @BULLINO

já escreveu 1953 artigos para a Ilha do Metal.