Feliz Halloween

Feliz Halloween
Mas você sabe da onde veio essa poha de festa?
Da Irlanda, caro amigo. O Halloween é uma das quatro datas mais importantes do calendário celta, todas estas datas – 2 de fevereiro, um dia não especificado no mês de maio, 2 de agosto e, finalmente, 31 de outubro – ligadas às estações do ano e às colheitas.

O dia 31 de Outubro, fim do verão e início do inverno, marcava o final do ano celta e era um feriado em celebração do Deus pagão Samhain (Senhor dos Mortos). Para os Celtas, neste dia todas as relações de tempo e espaço ficavam suspensas, pois este dia não pertencia ao ano velho, tampouco ao novo ano que se iniciava. Desta forma, os espíritos desencarnados podiam retornar ao mundo dos vivos e se apossar dos corpos dos vivos. Para evitar esta aproximação, era comum apagar todas as tochas e fogueiras das aldeias, de modo que o ambiente ficasse escuro, frio e hostil (cenário perfeito de filme de terror), e os habitantes vestiam-se com trajes fantasmagóricos e vagavam pelas ruelas em desfiles barulhentos, a fim de amedrontar e espantar os espíritos. Os cristãos chegaram a adotar uma prática parecida (no dia 2 de novembro), em que eles davam um doce feito de pão e groselha a mendigos em troca de orações aos mortos para que estes ascendessem aos céus. Assim nascia do Dia de todos os Santos.

Estas duas datas foram “fundidas” em dias sequenciais pelo papa Gregório III, no século VII, para apaziguar conflitos político-religiosos.Hoje em dia, Halloween é somente uma data comercial que, mesmo tendo surgido na Europa, é tipicamente Estadunidense. Base para inúmeros arquétipos do Terror, é mais que merecido que tenha uma semana em sua homenagem aqui, no único lugar onde o Metal sempre reina, A Ilha do Metal. Então vamos lá, aproveitemos o dia para ir naquela festinha escura e fuleira onde toca Gothic Metal. Aproveitem o que vier, afinal, é dia do Saci-Pererê também. xD