Biblioteca da Ilha: Rock ‘n’ Metal: sugestões de leitura

Terreno fecundo para os acadêmicos de Comunicação, Antropologia, Semiologia e Sociologia, o Rock (assim como o Metal, seu segmento mais complexo) é passível de estudos em âmbito de análise do discurso midiático, representações sociais e sígnicas, desde a linguagem textual e imagética até a comportamental e performática.

Trago aqui algumas referências bibliográficas que colocam o Rock enquanto tema de pesquisa com propriedade e que expoem conteúdos importantes para o entendimento do mesmo enquanto fenômeno humano. Dentre livros, papers, artigos e teses abaixo, a maioria dos documentos em português faz parte da linha de pesquisa em Mídia, Cultura Juvenil e Música Popular Massiva da Universidade Federal da Bahia. Confira:

ARNETT, J.. Metalheads: heavy metal music and adolescent alienation. Boulder: Westview Press, 1996.

AVELAR, I.. Defeated Rallies, Mournful Anthems, and the origins of Brazilian Heavy Metal. In: DUNN, C.; PERONE, C..Brazilian popular music & globalization. Gainsville: University of Florida Press, 2001.

BAULSH, Emma. Gesturing elsewhere: the identity politics of the Balinese Death/Thrash Metal scene. Popular Music, 2003, volume 22, n. 02: 195 – 215.

BENNETT, Andy. Popular Music and Youth Culture: music, identity and place. London: McMillian Press, 2000.

BERELIAN, Essi. Rough Guide to Heavy Metal. Rough Guides. Foreword by Bruce Dickinson of Iron Maiden, 2005.

BERGER, Harris M. Metal, Rock and Jazz : perception and the phenomenology of musical experience. Hanover/London: Wesleyan University Press, 1999.

CARDOSO FILHO, J. L. C.. Afeto na análise dos grupamentos musicais. Revista ECO-PÓS, Rio de Janeiro: UFRJ, volume 07, n. 02, 2004.

CHRISTE, Ian. Heavy metal – A história completa; tradução de Milena Durante & Augusto Zantoz. São Paulo: Arx, 2010.

________. Sound of the Beast: The Complete Headbanging History of Heavy Metal. HarperCollins, 2003.

Sound of the Beast - The Complete Headbanging History of Heavy Metal, de Ian Christe

FABBRI, Franco. A Theory of Musical Genres: Two Applications. In HORN, David e TAGG, Philip (org.). Popular Music Perspectives. Londres e Göteborg: IASPM, 1982.

FAST, Susan. Led Zeppelin and the Construction of Masculinity, in Music Cultures in the United States, ed. Ellen Koskoff. Routledge, 2005.

FRIEDLANDER, Paul. Rock and roll: uma história social; tradução de A. Costa. Rio de Janeiro: Record, 2004.

Rock and Roll - Uma História Social, de Paul Friedlander

HEBDIGE, Dick. Subculture: the meaning of style. New York: Routledge, 1979.

JANOTTI JR, Jeder. 666 The Number of the Beast: alguns apontamentos sobre a experiência simbólica a partir das letras, crânios, demônios e sonhos do heavy metal. Textos de cultura e comunicação. Salvador: Facom/UFBA, n. 39, dez. 1998. p. 97-112.

________. “Rock and Roll all Nite”: Notas sobre rock pesado, tecido urbano e sua apropriação em Porto Alegre. In: HAUSSEN, Doris Fagundes. Mídia, Imagem & Cultura. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2000. p. 249-264.

_________. Afeto, autenticidade e sociabilidade: uma abordagem do rock como fenômeno cultural. In: GOMES, Itânia M. Mota & JACOB DE SOUZA, Maria Carmen. Media & Cultura. Salvador: Edufba, 2003a.

_________. Aumenta que isso aí é rock and roll: mídia, gênero musical e identidade. Rio de Janeiro:E-papers, 2003b.

_________. Heavy Metal com Dendê: rock pesado e mídia em tempos de globalização. Rio de Janeiro, E-papers, 2004.

_________. Por uma análise midiática da música popular massiva: uma proposição metodológica para a compreensão do entorno comunicacional, das condições de produção e reconhecimento dos gêneros musicais. E-Compós (Brasília), v. 1, 2006.

KAHN-HARRIS, K.. The Failure of Youth Culture: Music, Politics and Reflexivity in the Black Metal Scene. European Journal of Cultural Studies, 2004, volume 07, n.01: 95 – 111.

______.Transgression and mudanity: the global extreme metal music scene. London, 2001. PHD Thesis – GoldsmithsCollege, University of London.

______.Roots?: The Relationship Between the Global and the Local Within the Global Extreme Metal Scene. Popular Music, 2000, volume 19, n. 01: 13 – 30.

LEÃO, Tom. Heavy Metal – guitarras em fúria. São Paulo: Editora 34, 1997

Heavy Metal - Guitarras em Fúria, de Tom Leão

PARELES, Jon & ROMANOWSKI, Patricia. The Rolling Stone Encyclopedia of Rock & Roll. Rolling Stone Press/Summit Books, 1983.

ROSE, Tricia; ROSS, Andrew. Microphone Fiends: youth music & youth culture. London: Routledge, 1994.

SHARPE-YOUNG, Garry. Metal: The Definitive Guide. Jawbone Press, 2007.

STRAW, Will. Characterizing Rock Music Culture: The Case of Heavy Metal. In: DURRING, Simon (ed.). The Cultural Studies Reader. London: Routledge, 1993. p.368-381.

STRONG, Martin C. The Great Rock Discography. Canongate, 2004.

THOMPSON, Graham. American Culture in the 1980s. Edinburgh University Press, 2007.

VAN ZOONEN, Liesbet. Entertaining The Citizen: When Politics and Popular Culture Converge. Rowan & Littlefield, 2005.

WALL, Mick. Led Zeppelin – Quando os Gigantes Caminhavam sobre a Terra; tradução de Elvira Serapicos São Paulo: Larousse, 2009.

Led Zeppelin - Quando os Gigantes Caminhavam sobre a Terra, de Mick Wall

WALSER, Robert. Running with the devil: power, gender and madness in Heavy Metal music. Hannover/London: Wesleyan University Press, 1993.

WEINSTEIN, Deena. Heavy Metal: the music and its culture. New York: De Capo, 1991/2000.

Heavy Metal - The Music and its Culture, de Deena Weinstein


ARTIGOS & TESES

BRITO, Antonio Sergio Andrade de. Heavy metal: a imagem distorcida

CAMPOY, Leonardo Carbonieri. As trevas da cidade: o underground do metal extremo no Brasil.

CARDOSO FILHO, Jorge Luiz Cunha – Estrategias no heavy metal

CARDOSO FILHO, Jorge Luiz Cunha – Dinâmicas expressivas do Rock

CARDOSO FILHO, Jorge Luiz Cunha – Heavy Metal e gênero mediático

CARDOSO FILHO, Jorge Luiz Cunha – Demônios, guerreiros e pentagramas: os grupamentos juvenis a partir das capas de álbuns de Heavy Metal

CARDOSO FILHO, Jorge Luiz Cunha – A dimensão midiática da canção: a produção de sentido no heavy metal

DANTAS, Danilo Fraga – A prateleira do rock brasileiro

JANOTTI JR, Jeder. CARDOSO FILHO, Jorge Luiz Cunha – MPM, mainstream e underground

ZAGNI, Rodrigo Medina. When Two Worlds Collide – Representações do real e monstruosidades fantásticas no conjunto simbólico das capas de álbuns e singles da banda Iron Maiden