Bandas Nacionais: Red Old Snake

As raízes do Red Old Snake remetem ao ano de 2006, quando Dave Ayzemveln e Pablo Vilela decidiram formar um grupo de Power Groove/Southern Metal chamado Rattlesnake. Com um som altamente influenciado por bandas do sul dos Estados Unidos tais como PanterA, Down e Corrosion Of Conformity, somado a outros grandes expoentes da música pesada como Metallica, Megadeth, Black Sabbath e Alice In Chains, o Rattlesnake foi mostrando seu trabalho autoral em vários eventos na cidade de Brasília de 2006 até 2008, ano em que a banda encerrou suas atividades.

Ainda acreditando na força das suas composições e na recepção positiva por parte do público, Ayzemveln e Vilela decidiram reformular a banda, convidando o baixista Erick “Neskal” Oliveira e o baterista Fred Colaço. A renovação não seria completa sem um novo batismo: a banda passaria a se chamar Red Old Snake, um trocadilho com o antigo nome que preservaria a pronúncia original, mas que lhes concederia uma identidade única. (Dá pra imaginar quantas bandas ao redor do mundo são chamadas Rattlesnake? Nós não chutaríamos um número abaixo de cem!)

Em 2009 o Red Old Snake, apresentou-se nos mais variados eventos, sempre demonstrando uma explosiva mistura de paixão e profissionalismo, construindo uma forte reputação na cena metal local. No final de 2009, quando o processo de gravação do primeiro EP da banda, “Outburst”, já estava quase finalizado, o baterista Fred Colaço decidiu sair da banda. Após um breve hiato, o posto de baterista foi assumido por pH, amigo de infância do baixista Neskal.

Começando o ano de 2010 com o lançamento do aguardado primeiro EP “Outburst”, o Red Old Snake nada contra a correnteza buscando reconhecimento internacional através de um som pesado, sincero e com uma forte pegada southern.

Em abril desse ano a banda abriu o show do Megadeath em Brasília.

Para escutar o som deles fique de olho no nosso Podcast ou acesse o Myspace da banda.